O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   05 de Setembro de 2015
Publicidade
Publicidade
Últimas Notícias
Publicidade
Willams Araújo
Burburinho

É total a indefinição dos partidos quanto ao lançamento de candidaturas a prefeito e a vereador nas eleições de 2016 em Mato Grosso do Sul. Em parte, por causa da reforma política que mais desanda do que anda no Congresso Nacional. Por outro lado, é preciso esperar pra ver no que vai dar as investigações em curso por aqui e também em nível nacional. Pode ser que o bom nome de hoje esteja com a ficha suja amanhã e a vaca vá para o brejo. Nesse caso, nem mesmo a cotação nas pesquisas resiste ao processo de execração. 

Paraquedista

Por falar em reforma política, uma das propostas aprovadas põe fim à exigência do domicílio eleitoral de um ano aos candidatos nos municípios pelos quais pretendem disputar as eleições. Na prática, significa dizer que quem quiser, pode chegar a qualquer tempo na cidade em que vai morar e disputar a vaga de prefeito ou de vereador.  Caso essa mudança seja realmente efetivada na reforma que ainda está indefinida, pode abrir a possibilidade para forasteiros tomarem o lugar de políticos que conheçam bem os problemas existentes em sua comunidade. 

Dia marcado

Como já havia antecipado à imprensa, o presidente da Cassems, Ricardo Ayache vai se filiar ao PSB com grande estilo e pompa no próximo dia 19. Egresso do PT, onde disputou sem sucesso uma vaga ao Senado, ele terá a presença do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, na solenidade, num claro sinal de que chega à nova casa em condições de postular a vaga de prefeito da Capital. Bem estruturado no Estado, a começar por Dourados, onde comanda o município, o PSB também deve arriscar na Capital, considerada terra de ninguém. 

Não pode

A Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei que proíbe a venda  do narguilé aos menores de 18 anos, em Mato Grosso do Sul. Será obrigatória a apresentação de registro de identidade ou documento de identificação pessoal com foto para a compra do produto. Em sua justificativa, o autor da proposta, deputado Barbosinha (PSB), argumenta que os usuários do narguilé, em sua maioria, são adolescentes, estudantes e jovens que não têm conhecimento sobre os reais riscos e prejuízos à saúde que o cachimbo pode causar.

Bloqueio

Os prefeitos preparam um grande ato nacional prevendo, inclusive, o bloqueio das rodovias na tentativa de chamar a atenção do Palácio do Planalto sobre as dificuldades que os municípios estão enfrentando devido a política econômica imposta pelo governo da presidente Dilma Rousseff. A estratégia foi discutida na última quarta-feira (2), durante reunião do Conselho Político da CNM (Confederação Nacional de Municípios), em Brasília. Antes, porém, cada estado fará a mesma campanha de esclarecimento público feito pela Assomasul em MS.

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS