O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   12 de Agosto de 2020
Publicidade

Jô marca na reestreia, e Corinthians vence Bragantino

Com o resultado, Timão avança à semifinal do Paulistão

30/07/2020 - 21h38

Globo Esporte

Jô comemora gol no retorno ao Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O Corinthians contou com um gol relâmpago e a estrela do ídolo Jô para vencer o Bragantino por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no Morumbi, eliminar o melhor time da primeira fase do Campeonato Paulista e avançar à semifinal do torneio para enfrentar o Mirassol. Éderson, com menos de 30 segundos, abriu o placar em falha de Júlio César. 


Jô, mesmo longe da forma ideal, mostrou ser decisivo e definiu a classificação com um gol de cabeça. O Bragantino, sensação do campeonato e que ainda não havia perdido para os grandes, decepcionou. O Timão, por sua vez, cresce: após a pausa, são três jogos, três vitórias e nenhum gol sofrido.


Com a vitória por 2 a 0, o Corinthians passou a ter a segunda melhor campanha geral e vai enfrentar o Mirassol, terceiro colocado entre os quatro semifinalistas. O jogo único da semifinal será no domingo, em Itaquera, em horário a definir (16h ou 19h). 


Jô fez seu primeiro jogo em 2020 e claramente está longe de sua forma ideal. Mesmo assim, a estrela do ídolo não se apaga. Após um primeiro tempo fraco, com dificuldades na movimentação, Jô mostrou que não perdeu o faro de artilheiro ao aproveitar cobrança de escanteio de Luan no segundo tempo e cabecear sem chances para Júlio César. Bom reinício para o agora camisa 77.


Primeiro tempo


O cenário inicial do jogo durou menos de 30 segundos, tempo suficiente para Éderson arrancar pelo meio, ver uma brecha se abrir e finalizar para o gol. Júlio César falhou, e o Corinthians conseguiu ficar em vantagem logo de cara. Com um time técnico, o Bragantino dependeu demais das jogadas individuais de Artur pelo lado direito do ataque – ele acertou lindo chute no travessão e, em outro lance, levou vantagem no drible e chutou para boa defesa de Cássio. Depois dessa tentativa de reação, o jogo esfriou. Com Jô ainda fora de forma, o Corinthians não conseguiu boas infiltrações na área do rival e também não tinha velocidade para contra-atacar. O resultado, porém, fez a equipe de Tiago Nunes jogar mais confortável e no erro do adversário.


Segundo tempo


Atrás no placar, o Bragantino até tentou, mas não conseguiu se infiltrar na boa marcação do Corinthians e assustar o goleiro Cássio. O Timão teve controle em vários momentos e contou com boas atuações de Mateus Vital e Ramiro para ajudar a bloquear as jogadas do rival pelos lados – principal trunfo do Bragantino. Na bola parada, o Corinthians chegou ao segundo gol, com Jô, e deixou a partida ainda mais do jeito que queria. Foi esperar os minutos finais para comemorar a vaga na semifinal.


Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS