O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   03 de Julho de 2020
Publicidade

Pesquisa mostra que 68% dos jogadores querem a volta do futebol no Brasil

Maioria dos atletas cita necessidade financeira para apoiar retomada dos jogos

25/05/2020 - 10h33

Globo Esporte

Estádio do Maracanã, no Rio (Foto: Divulgação)

A maioria dos jogadores e jogadoras de futebol do Brasil quer o retorno das competições, interrompidas há mais de dois meses por causa da pandemia do novo coronavírus.


A conclusão está numa pesquisa realizada pela Fenapaf (Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol) em parceria com o SIAFMSP (Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo) a que o GloboEsporte.com teve acesso.


A pergunta "você é a favor ou contra a volta dos campeonatos de futebol?" foi respondida por 734 atletas que atuam em todos os estados do futebol brasileiro: 68% se disseram a favor, 32% responderam ser contra (não foi especificado o número de atletas ouvido por estado). A margem de erro é de 4%.


O apoio à volta das atividades é maioria em todas as categorias, mas os percentuais variam de acordo com a divisão em que os jogadores atuam. Entre os atletas que defendem times da Série A do Campeonato Brasileiro, 55% são favoráveis.


Esse número aumenta para 74% entre os jogadores das Séries B e C e chega a 85% entre os que jogam a Série D e campeonatos estaduais. Entre atletas do futebol feminino, 56% querem a volta das competições.


A pesquisa foi feita online pela consultoria Esporte Executivo. Cada atleta recebeu um link exclusivo que dava acesso às opções de voto.


Além de responder se eram favoráveis ou contrários à volta dos campeonatos, os atletas foram instados a detalhar suas motivações. Os resultados mostram que a preocupação financeira está acima de tudo. É importante ressaltar que os jogadores e jogadoras podiam escolher mais de uma opção – por isso, o somatório dá mais de 100%.


Entre os atletas que querem o retorno das competições, 33% disseram que não gostariam de jogar, mas que precisam disso para voltar a receber salário. Também houve 24% que citaram a curta duração da carreira. A soma desses fatores (57%) supera a resposta mais citada – 36% disseram confiar na estrutura que será montada para evitar o contágio.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS