O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   15 de Novembro de 2019
Publicidade

Ambiental reforça fiscalização contra pesca predatória nos rios de MS

De acordo com a PMA, mais de 300 policiais estarão envolvidos nos trabalhos da "Operação Pré-Piracema".

02/10/2019 - 07h37

Campo Grande

PMA reforça fiscalização contra pesca predatória nos rios de MS (Foto: Divulgação)

O período da Piracema em Mato Grosso do Sul só terá início no dia 5 de novembro nos rios no estado, mas a PMA (Polícia Militar Ambiental) intensifica a fiscalização a partir desta terça-feira (1°), com a "Operação Pré-Piracema", que visa prevenir e reprimir a pesca predatória.


Segundo a PMA, com a proximidade da piracema, a quantidade de cardumes formados aumenta e, com isso, cresce também o número de turistas e pescadores nos rios de Mato Grosso do Sul. 


A Operação deste ano envolverá 360 policiais e deve durar até o dia 5 de novembro, quando se inicia oficialmente o período de fechamento da pesca na Bacia do Rio Paraguai.


Os trabalhos preventivos tem participação das 26 Subunidades da Polícia Militar Ambiental no estado, que darão maior atenção ao combate à pesca ilegal. 


Também serão realizados trabalhos preventivos e repressivos ao tráfico de papagaio, pois a espécie estará também no período reprodutivo que acontece entre agosto a dezembro.


De acordo com a PMA, nesta mesma operação, no ano passado, 41 pessoas foram autuadas por pesca ilegal, e juntas pagaram multa de mais de R$ 87 mil. 


A prevenção e combate a outros crimes ambientais, como desmatamento, exploração ilegal de madeira e incêndios continuarão normalmente. Com informações do G1. 

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS