O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   26 de Junho de 2019
Publicidade

Campanha do vazio sanitário da soja é lançada em MS e começa dia 15

Neste período de 90 dias fica proibido o cultivo de soja, sob risco de penalidades.

07/06/2019 - 07h14

Campo Grande

Campanha do vazio sanitário da soja é lançada em MS e começa dia 15 (Foto: Reprodução/Gov)

O vazio sanitário da soja tem início oficialmente em Mato Grosso do Sul no dia 15 de junho com término em 15 de setembro de 2019. Neste período de 90 dias fica proibido o cultivo de soja, sob risco de penalidades.


A campanha realizada pelo Governo do Estado, através da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), tem a parceria da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS) e Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).


O período de plantio da oleaginosa no Estado acontece entre os dias 16 de setembro a 31 de dezembro e o cadastro de área plantada é obrigatório, devendo ser realizado no site do Iagro (www.servicos.iagro.ms.gov.br/plantio). 


O período é crucial para evitar a expansão de focos de ferrugem asiática nas lavouras, sendo a doença de maior expressão da cultura da soja.


O Presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke destaca que a safra de milho atual teve como característica a atuação forte de pragas a o aparecimento de novas, o que representa uma grande ameaça para o produtor. 


“Temos visto cada vez mais pragas nas lavouras e por isso se faz muito importante o cumprimento das medidas sanitárias de maneira muito séria e responsável para evitarmos problemas maiores”.


O titular da Semagro, Jaime Verruck fez o link lançamento da campanha do vazio sanitário com a assinatura do termo de cooperação realizada no mesmo ato, fazendo alusão a parceria que o Estado tem mantido com o setor produtivo através das instituições que os representa, citando a Famasul, Aprosoja e os sindicatos rurais em todo o Estado e que segundo suas palavras é uma fórmula que tem garantido resultados positivos nas ações voltadas ao setor produtivo.


“Sanidade é tudo hoje em dia. Tivemos recentemente um caso atípico de uma doença e vimos que isso mexe em todo o mercado internacional e vira um problema. Então sabemos a importância da questão sanitária e da necessidade de levar isso a sério. O vazio sanitário é fundamental para garantir a seguridade da soja”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS