O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   12 de Novembro de 2019
Publicidade

Polícia pede prisão de gerente de banco que desviou R$ 1,2 milhão de idosa

A Polícia Civil diz que conseguiu recuperar todo o montante furtado ao descobrir dois terrenos em condomínios de alto padrão

19/09/2019 - 08h25

Campo Grande

Prédio da Derf em Campo Grande (Foto: Divulgação)

A gerente de um banco de Campo Grande e um comparsa furtaram R$ 1,2 milhão de uma idosa, de 88 anos; é o que aponta a investigação da DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), que concluiu inquérito sobre o caso na quarta-feira (18).


Segundo a polícia, a mulher está com a saúde mental fragilizada, sofre de Alzheimer e é incapaz de realizar “atos da vida civil”. As investigações apontam que gerente se aproveitou dessa situação para retirar R$ 873 mil da conta da idosa e mais R$ 388 mil que foram repassados para a pessoa que convivia com a mulher.


A Polícia Civil diz que conseguiu recuperar todo o montante furtado ao descobrir dois terrenos em condomínios de alto padrão comprados pela gerente com o dinheiro furtado, valores em dinheiro e um automóvel.


A DERF esclarece que pediu a prisão preventiva da gerente, mas o requerimento não foi aceito pela Justiça. A gerente e a pessoa que cuidava da mulher foram indiciadas por furto qualificado. Com informações da Página Brazil.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS