O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   28 de Março de 2020
Publicidade

Prefeito diz que decreto corrige distorções salariais em Campo Grande

Agentes serão beneficiados com a concessão de aumento linear de R$ 230 por mês na produtividade, por atribuição. 

21/02/2020 - 07h05

Campo Grande

Decreto corrige distorções salariais (Foto: Prefeitura )

Agentes supervisores que atuam na Coordenadoria de Controle de Endemias Vetorias, CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e Coordenadoria de Vigilância Sanitária Ambiental, serão beneficiados com a concessão de aumento linear de R$ 230 por mês na produtividade, por atribuição. 


O decreto, que beneficiará 107 servidores, sendo 94 supervisores de áreas e 13 supervisores geral, foi assinado na manhã desta quinta-feira (20) pelo prefeito Marquinhos Trad, em cerimônia realizada no auditório do CEA (Centro de Educação Ambiental) Polonês.


Conforme o decreto, que ainda será publicado no Diário Oficial do Município, a produtividade do supervisor de área passará de R$ 550 para R$ 780 e do supervisor geral,  de R$ 780 para R$ 1.010.


Para o prefeito Marquinhos Trad, a concessão do beneficio é uma forma de reconhecer o valor do trabalho destes servidores e, ao mesmo tempo, corrigir as distorções existentes. Ele destaca que através do planejamento e organização está sendo possível conceder o benefício aos servidores, mesmo diante das adversidades financeiras.


“Recebemos os servidores, iniciamos as tratativas e encontramos o caminho para que pudéssemos conceder esse reajuste a eles (servidores). Isso tudo é fruto do bom diálogo e do planejamento executado de maneira responsável”, comenta.


O aumento de produtividade concedida aos servidores não gera impacto ao município, o que foi possível diante do enquadramento dos  ASPs (Agentes de Saúde Pública ) para o cargo de ACEs (Agentes de Combate a Endemias), sendo o piso salarial custeado pelo Governo Federal. Sendo assim, os recursos do tesouro municipal até então utilizados para fazer o pagamento destes servidores estão sendo revertidos em benefício da categoria.


Segundo o servidor Valmir Fernandes, o decreto representa uma conquista para os trabalhadores. Ele lembra que o último reajuste de produtividade referente ao SUS-Gerência ocorreu em 2014, ou seja, há mais de cinco anos.


“Realmente, é uma conquista para nós, que certamente será importante para a melhoria do nosso trabalho. Estávamos há muito tempo esperando por isso e, graças ao prefeito,  que sempre nos recebeu e ouviu nossas reivindicações, nós estamos hoje celebrando mais essa vitória”, completou.


Para o secretário municipal de Saúde José Mauro Filho, o momento exige que todos os servidores estejam engajados no trabalho de enfrentamento do mosquito Aedes aegypti, diante da crescente no número de casos notificados, em especial de dengue, sendo a função da gestão dar condições para tanto e oferecer melhorias, seja salarial ou de condições de trabalho.


“O agente é o porta voz da saúde. É ele que está diariamente nas casas, vistoriando, entrando inclusive em locais com condições insalubres. O mínimo que podemos fazer é dar a condição para que esse servidor possa atuar da melhor maneira possível e corrigir essas distorções em relação a produtividade é uma das soluções encontradas”, comenta.


Atuante na causa dos servidores, o vereador Chiquinho Telles reforça a importância do trabalho executado pelos servidores, sendo necessária a devida valorização.


“Esses homens e mulheres são servidores valorosos que merecem ser reconhecidos. Muitas vezes eles são, inclusive, destratados (sic) e não conseguem fazer o seu trabalho que é realmente servir e contribuir na melhoria da qualidade de vida da população, atuando de segunda a segunda, de sol a sol, nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, principalmente”, finaliza.


O ato contou com a presença do secretário de Gestão, Agenor Mattiello, da superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Veruska Lahdo, e servidores da CCEV, CCZ e CVSA.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS