O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Agosto de 2019

Eraldo Leite é o primeiro a votar na eleição da Assomasul

O atual presidente e candidato à reeleição, Pedro Caravina, foi o sétimo.

24/01/2019 - 09h22

Assomasul

Eraldo Leite (camisa azul) foi o primeiro a votar (Foto: Willams Araújo)

O prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite, foi o primeiro a votar na eleição da diretoria da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), nesta quinta-feira (24), na sede da entidade, em Campo Grande.


Eraldo Leite é o atual tesoureiro-geral da diretoria da entidade municipalista e candidato a reeleição.


A eleição de chapa única, “Assomasul Unida”, foi aberta às 8 horas pelo prefeito de Ivinhema, Éder Uilson de França Lima, o Tuta, presidente da Comissão Eleitoral. A votação se encerra às 17 horas.

O prefeito de Jateí, Eraldo Leite (Foto: Edson Ribeiro)

Durante a abertura dos trabalhos, Tuta deu boas vindas a todos, desejou sucesso aos membros da nova diretoria e cumprimentou ao secretário especial da Casa Civil, Sérgio Paula, que representou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante o ato, acompanhado pelo ex-prefeito de Amambai e assessor especial da pasta, Dirceu Lanzarini.


Tuta foi o quinto prefeito a votar na chapa única. O atual presidente e candidato à reeleição, Pedro Caravina, foi o sétimo.


A posse da nova diretoria ocorrerá logo após da proclamação do resultado oficial da eleição, em cerimônia simples no auditório da entidade.


CHAPA


Além de Caravina, a Diretoria Executiva é composta pelos prefeitos de Amambai, Doutor Bandeira (1º vice); de Caracol, Manoel dos Santos Viais (2º vice); de Nioaque, Valdir Couto de Souza Júnior (Secretário-Geral); de Antonio João, Marceleide Marques (2ª Secretária); de Selvíria, José Fernando (3º Secretário); de Jateí, Eraldo Jorge Leite (Tesoureiro-Geral); e de Figueirão, Rogério Rosalin (2º Tesoureiro).

Caravina foi o sétimo a votar (Foto: Edson Ribeiro)

A Diretoria Auxiliar ficou assim constituída: Diretora de Relações Públicas, Marlene Bossay (Miranda), Diretor de Assuntos Municipalistas, Vanderley Bispo (Japorã), Diretor de Patrimônio, Edvaldo Alves de Queiroz (Água Clara), Diretor de Saúde, Marcelo Ascoli (Sidrolândia), Diretor de Cultura, Jean Fogaça (Douradina), Diretor Esportivo, Roberto Nem (Taquarussu).


Para o Conselho Fiscal foram indicados os prefeitos Álvaro Urt (Bandeirantes), Mário Kruger (Rio Verde) e Waldeli dos Santos Rosa (Costa Rica).


Roberto Cavalcanti (Angélica), Patrícia Denerusson Nelli Margatto Nunes (Iguatemi) e Cleidimar da Silva Camargo (Rio Negro) foram indicados suplentes do Conselho Fiscal.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS