O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   28 de Maio de 2020
Publicidade

A Revolução Democrática Militar de 1964

A verdade de quem viveu, viu e que não ouviu falar!

31/03/2020 - 17h53

Campo Grande

O advogado Carlos Fernandes (Foto: Reprodução/WhatasApp)

* Por Carlos Fernandes


Foram momentos diferentes na história! Agora são histórias diferentes nos momentos atuais! Janaína se contaminou e traiu, e o povo não perdoa mais traidor! O jogo democrático começará a ser jogado de outra forma a partir de amanhã dia da Revolução de 31 de março de 1964! Época mais feliz dos brasileiros que viveram aqueles momentos de crescimento, de desenvolvimento, de liberdade, e de respeito a Pátria!  A história contada pelos comunistas sabotadores da nação, os mentirosos e apátridas reconhecidos, foi a maior maldade patrocinada pela esquerdofrenia petista, socialista, comunista, liderada pelo Ladrão de nove dedos Lula da Silva larápio.


Eu vivi, vi, e senti o progresso da Revolução Democrática Militar de 1964! Ninguém me contou ou precisou mentir para mim. Uma gama considerável de professores comunistas ardilosos, irresponsáveis espelhados em Lula e Paulo Freire só contribuíram para a desgraça da juventude brasileira! Eles não viveram a solene democracia da liberdade com responsabilidade, do respeito ao próximo e o nobre sentimento de brasilidade, ética, civismo, e patriotismo!  Esses professores semi letrados comunistas foram todos engendrados pelos ouvidos, e se revoltaram com a mesma intensidade e com a mesma farsa que receberam anteriormente para infelizmente repassarem a mentira aos jovens de trinta anos de hoje. É muito fácil entender o desmanche da farsa; “vejam o nível de ensino das nossas universidades, das nossas faculdades, e das escolas públicas e privadas pelo país afora. Simplesmente lamentável! Somos um dos últimos países no ranking da educação no mundo! Eis o retrato da Pátria Educadora dos governos esquerdistas em especial do PT de Haddad, Lula e Dilma.” 


Veja o despreparo, o desrespeito de grande parte da mídia nacional e os seus pseudos jornalistas, cuja especialidade se consagram na mentira, na má fé, e na tendenciosidade, onde    mentir é regra, denegrir é preciso, desinformar e confundir é o ápice da traição e da covardia! 


Toda a infra-estrutura em movimento no Brasil foi criada pelos governos democráticos militares. As grandes estradas que cortam o pais inteiro, os grandes aeroportos, as Universidade, a Embrapa, a Embratel, a Embraer, o Mobral, o PIS, o PASEP, O BNH – Banco Nacional da Habitação, a TV Educativa TVE, a reorganização da Policia Federal, os Centros aéreos espaciais, a Usina Hidroelétrica Itaipú bi-nacional, e outras inúmeras obras espalhadas pelo Brasil todo. Havia pleno emprego naquela época, trabalho para todos, educação de qualidade, saúde e segurança de alto nível, entretanto vagabundo não se criavam, e nem  subversivo a ordem e a lei, ou se enquadravam as normas legais, ou a prisão ou o exílio eram inevitáveis!


Todos os presidentes Democráticos Militares morreram pobres. Nenhum deles foi processado, preso, ou chamado de ladrão. Todos continuam sendo patriotas imortais. Mais a estarrecedora realidade de hoje é simplesmente inversa. Os governos comunistas dos últimos trinta anos nada fizeram, que nos apontem uma obra ou um feito marcante que seja além da corrupção, do desemprego, da insegurança, e da desesperança do povo brasileiro! Estou pronto e preparado para proferir qualquer palestra se preciso for a qualquer tempo, com quem quiser, em qualquer lugar para discorrer sobre a época de glórias e da verdade providencial da Democracia Militar Brasileira!


Brasil vamos nos acreditar que amor a Deus, a pátria, e a família, é o que nos definirá como sociedade, como nação, e como uma das maiores potências e o maior Estado Nacional do mundo, para honra, glória e orgulho das nossas futuras gerações; sem medo e sem mentiras! 


Salve 31 de março de 1964!

Salve a Pátria Brasileira!

Salve o povo brasileiro do bem!


*Carlos B. P. Fernandes, brasileiro, Advogado, Economista, Escritor, Poeta, pai de quatro filhas e avô de oito netas, e honra e glória de pertencer a Arte Real.`.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS