O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   18 de Janeiro de 2020

Indiciamento em dezembro aumenta a ficha-corrida de Lula na Justiça

Além de duas condenações, Lula responde a mais sete ações judiciais

10/01/2020 - 18h44

Rio de Janeiro

Indiciamento em dezembro aumenta a ficha-corrida na Justiça do petista. (Foto: Miguel Schincariol/AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi indiciado pela PF (Polícia Federal) no fim de dezembro em uma investigação sobre doações da empreiteira Odebrecht ao Instituto Lula. 


O indiciamento aumenta a ficha-corrida de Lula na Justiça. 


Ele responde a mais uma série de ações judiciais; e já foi condenado em dois processos e absolvido em um. 


O petista ainda responde a sete ações judiciais, além de aguardar o recebimento ou a rejeição de uma denúncia.


"Lula foi indiciado pela PF, em dezembro, junto com Paulo Okamoto (dirigente do Instituto Lula), o ex-ministro Antonio Palocci e o empreiteiro Marcelo Odebrecht por corrupção e lavagem de dinheiro. 


Segundo a PF, entre dezembro de 2013 e março de 2014, foram registradas doações de R$ 4 milhões da Odebrecht ao Instituto Lula, com origem em créditos da conta de propinas da empreiteira.


"As evidências mostraram que os recursos transferidos pela Odebrecht sob a rubrica de 'doações' foram abatidos de uma espécie de conta-corrente informal de propinas mantida junto à construtora, da mesma forma ocorrida com aqueles destinados à aquisição do imóvel para o Instituto Lula”, concluiu a PF.


Agora, cabe ao MPF (Ministério Público Federal) decidir se oferece ou não denúncia contra o Lula com base nas informações da Polícia Federal.


Ficha corrida de Lula: duas condenações e uma absolvição


O petista já foi condenado na Lava Jato em dois processos. No caso do sítio de Atibaia (SP), o caso já foi julgado em terceira instância, pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). 


Lula chegou a ser preso pela Polícia Federal para cumprir a pena, mas foi solto depois que o STF (Supremo Tribunal Federal) derrubou a prisão em segunda instância. A pena atualizada é de 8 anos, 10 meses e 20 dias.


Recentemente, Lula também foi condenado em segunda instância em outro processo, envolvendo reformas realizadas por empreiteiras no sítio de Atibaia. 


O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4.ª Região) condenou Lula a 17 anos, um mês e 10 dias de prisão. Com informações da Gazeta do Povo. 

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS