O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   21 de Novembro de 2018
Publicidade

Para Murilo, DEM se coloca como aliado de primeira hora no governo Bolsonaro

"Somos o principal esteio de apoio na estrutura administrativa do futuro Governo", diz o presidente regional do partido e vive-governador eleito

08/11/2018 - 15h46

Campo Grande

Reinaldo Azambuja com o vice Murilo em campanha (Foto: Divulgação )

A escolha, inicialmente, de um dos coordenadores da campanha, o deputado Onyx Lorenzoni, do Rio Grande do Sul, para chefiar a Casa Civil no futuro Governo e a indicação, agora, da deputada federal reeleita por Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina, para o Ministério da Agricultura, reforçam a presença do DEM junto ao presidente eleito Jair Bolsonaro.


“Até agora, somos o principal esteio de apoio na estrutura administrativa do futuro Governo”, comemorou, na manhã desta quinta-feira (8), o presidente da legenda em Mato Grosso do Sul e vice-governador eleito Murilo Zauith, ao destacar a expressiva representação em postos estratégicos. 


“Fora os nossos [referindo-se a Onix e Tereza], os demais escolhidos, por enquanto, são da esfera militar e um sem partido”, no caso o ministro da Justiça, Sergio Moro.


Murilo disse que a opção feita pelo Democratas, em apoiar o projeto presidencial do deputado Jair Bolsonaro, revela-se mais uma vez acertada, porque, segundo ele “nossos quadros foram e são preparados para ocupar qualquer função na administração do País”. 


Ele já sustentava essa tese durante o processo eleitoral, quando teve o próprio nome cogitado para disputar o Governo e o Senado no Estado.


“Quando alinhamos o projeto para consolidar a reeleição do governador Reinaldo Azambuja, elegemos como prioridades do DEM em Mato Grosso do Sul a recondução dos nossos dois deputados estaduais [José Carlos Barbosinha e Zé Teixeira] e da nossa federal, Tereza Cristina, porque temos a exata dimensão do potencial de cada um deles e do quanto poderiam contribuir com o Estado e com a União”, reconheceu o vice-governador.


Na opinião de Murilo, o que se vê agora, com essas escolhas, é que o Democratas, muito mais do que uma legenda partidária, incorpora o sentimento de renovação da forma de fazer política no Estado e no País e “se coloca como aliado de primeira hora de quem se propõe a trabalhar para que as pessoas possam sentir a vontade e a disposição de poder crescer, com responsabilidade e segurança”.   

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS