O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   18 de Setembro de 2020
Publicidade

Procuradoria dá parecer para reabrir ação dos voos contra Aécio

Quando foi governador, Aécio fez 1.337 voos questionados pelo MP.

12/08/2020 - 18h08

R7

O deputado Aécio Neves (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

A Procuradoria Geral de Justiça, do Ministério Público de Minas Gerais, deu parecer a favor da reabertura da ação civil pública de improbidade administrativa contra o deputado federal Aécio Neves (PSDB) no caso da utilização de aeronaves do Estado quando ele era governador de Minas Gerais (2003-2010).


A conclusão do parecer, assinado em 6 de agosto, é pelo conhecimento e provimento de recurso para reformar decisão de primeira instância e que seja recebida a petição inicial da ação civil pública movida pelo MP. 


O parecer da PGJ está concluso com o desembargador Belizário de Lacerda, relator do caso no Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.


O recurso no TJMG está tramitando desde janeiro deste ano, mas ainda não foi apreciado. Na ação do MP, chama a atenção a quantidade expressiva de deslocamentos aéreos de Aécio para o Rio de Janeiro e o município de Cláudio.


No interior de Minas, Aécio desapropriou parte da fazenda do tio, ex-prefeito da cidade, onde construiu um aeródromo ao custo de R$ 14 milhões. Conforme mostrou o jornalismo da Record TV Minas, na semana passada, Minas terá que pagar R$ 2,1 milhões pela desapropriação do terreno do parente do tucano, o dobro do previsto.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS