O 1º site político de MS - Campo Grande, 05 de Março de 2015.
Busca:
A promessa ocorreu após encontro pleiteado pela categoria dos transportes
Política
O ex-prefeito Nelsinho estaria com um pé no PL com anuência de Reinaldo Azambuja visando 2016

Economia
Na última sessão, o câmbio fechou a R$ 2,928

04/03/2015
Acidez
As farpas trocadas entre o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) e o presidente do TCE (Tribunal de Contas do Estado), Waldir Neves, devem ganhar contornos de paz nos próximos dias. Afinal, ambos se fiscalizam anualmente por meio de encontro de contas e ânimos acirrados podem comprometer o diálogo que sempre existiu entre eles. Agora, uma coisa é certa: tanto Waldir quanto o deputado não costumam levar desaforo pra casa. Os bombeiros de plantão terão que redobrar as atenções.
 
Acesos
Os apartamentos funcionais de Brasília devem anoitecer e amanhecer com a luz ligada por conta da insônia de seus ocupantes. Tudo por conta da entrega da lista dos políticos envolvidos no caso ‘Petrolão’ ao Supremo Tribunal Federal. O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, não só entregou a relação com os nomes como também está pedindo ao STF que quebre o segredo de justiça do processo que vai investigar os parlamentares. Não vai ficar pedra sobre pedra.
 
Furação
PT e PMDB devem ser os maiores fornecedores de nomes da lista daqueles que estão enrolados com a corrupção na Petrobras. Afinal, são eles que mandam e desmandam no país, além de serem também as maiores siglas entre as demais com mandato em Brasília. Até o momento, a oposição tem se esmerado nas críticas e acusações. Porém, torce na mesma proporção para que o batom que sujou a cueca de petistas e peemedebistas não tenha sujado as suas próprias. Esperar pra ver.
 
Mosca azul
O nome do candidato que disputará a prefeitura de Campo Grande pelo PTdoB pode ser definido no dia 30. Durante reunião ocorrida no começo da semana, o assunto foi discutido, A pré-candidatura da deputada Mara Caseiro já está colocada desde o fim do ano passado. Foi apontada por reunir mais condições para a disputa. 
 
Nas nuvens
A paralisação dos caminhoneiros em todo o país será debatida pelos senadores na próxima semana. A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária  aprovou ontem requerimento do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) que propõe a realização de audiência pública para discutir as causas e as consequências do movimento. De acordo com Moka, cujo requerimento teve também as assinaturas dos senadores Blairo Maggi (PR-MT) e Ronaldo Caiado (DEM-GO), o alto custo do diesel e de outros derivados do petróleo encareceu ainda mais o frete no país. 
 
Colunistas
 
Conjuntura Online - Um produto da empresa Contato Comunicação e Marketing
Rua Manoel Inácio de Souza nº 963 | Jd. dos Estados | Campo Grande / MS
Copyright © 2015 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Grupo AGES de Comunicação.
Desenvolvido por
Grupo AGES de Comunicação