O 1º site político de MS - Campo Grande, 01 de Outubro de 2014.
Busca:
Ordem no comando das campanhas é aproveitar prestígio dos prefeitos nas bases
Geral
O crime aconteceu no bairro Jardim Vaticano, na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, região norte

Eleições
Eles correm contra o tempo para ampliar margem

01/10/2014
Xadrez político
Como manuseia com perfeição as peças do tabuleiro político-eleitoral sul-mato-grossense, Londres Machado (PR) foi escalado pelo comando da campanha de Delcídio do Amaral (PT) para cuidar direitinho do “busão” da Coligação “Mato Grosso do Sul com a Força do Povo” nessa reta final. Estratégico por natureza, o cardel republicano sabe que se não der xeque-mate no próximo domingo, terá dificuldades em eventual segundo turno das eleições. 
 
Nova chance
Caso a disputa pela cadeira do governador André Puccinelli (PMDB) se estenda até o segundo turno, os dois primeiros mais votados nas eleições de domingo vão se enfrentar novamente no próximo dia 26, depois de uma campanha mais curta. Delcídio do Amaral (PT), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Nelsinho Trad (PMDB) disputam a preferência do eleitorado.  
 
Calmaria
Simone Tebet (PMDB) parece navegar em águas tranquilas na disputa pela cadeira do Senado, sem se preocupar com o seu adversário mais direto, o prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), que até esboçou uma reação no começo, mas esfriou. Levantamento da Folha de São Paulo  aponta que MS está entre os 21 estados onde há candidatos favoritos e isolados em primeiro lugar na corrida pela vaga. Pelas pesquisas de intenção de voto, a vice-governadora tem 37% contra 19% do progressista.
 
Camburão
Desde ontem nenhum eleitor poderá ir parar no xilindró, salvo em flagrante delito, por impedimento do Código Eleitoral. A Lei 4.737/1965 proíbe detenções nos cinco dias anteriores ao primeiro turno, neste caso dia 5 de outubro. Os candidatos também não podem ser presos desde o dia 20 de setembro.  
 
Burra cheia
A prefeitura da Capital já abocanhou R$ 12,2 milhões com o programa de parcelamento de dívida com o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano). De 1° de setembro até o último dia 26, 15.532 mil contribuintes com dívidas do tributo vencidas até dezembro de 2013 fizeram a negociação de seus débitos pelo programa que concede até 80% de desconto.  
 
Colunistas
 
Conjuntura Online - Um produto da empresa Contato Comunicação e Marketing
Rua Manoel Inácio de Souza nº 963 | Jd. dos Estados | Campo Grande / MS
Copyright © 2014 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Grupo AGES de Comunicação.
Desenvolvido por
Grupo AGES de Comunicação