O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   14 de Agosto de 2022
Publicidade

Dólar cai 5,91% na semana e registra maior desvalorização em 20 meses

Moeda americana tem maior queda semanal desde novembro de 2020

29/07/2022 - 17h03

De Brasília 

Dólar cai 5,91% na semana (Foto: Jo Yong-Hak)

O dólar fechou em alta de 0,21%, a R$ 5,172, nesta sexta-feira (29), em dia de ajuste. A moeda foi beneficiada pelo PCE (Índice de Despesas de Consumo Pessoal) de junho, uma medida de inflação nos Estados Unidos, que veio levemente acima do esperado, com alta acumulada em 12 meses de 6,8%, ajudando apostas de que o Fed ainda pode ter um ciclo de alta de juros mais agressivo.


Na semana, o dólar caiu 5,91%, sua maior desvalorização registrada no acumulado de cinco dias desde 6 de novembro de 2020 (-6,07%). No mês, recuou 1,12%.


Já o Ibovespa terminou com ganhos de 0,55%, aos 103.164,69 pontos. Esse foi o maior patamar desde 10 de junho, quando bateu 105.481 pontos.


O índice operou no azul ao longo do dia devido à valorização dos papéis da Petrobras, que chegaram a subir mais de 7% após resultados trimestrais positivos, e acompanhando o preço do petróleo. A commodity brent encerrou em alta de 2,68%, a US$ 110,01.


Por outro lado, o destaque negativo foi a queda de mais de 2,5% das ações da Vale, cujo balanço do trimestre não foi bem recebido pelo mercado. A empresa também recuou após o minério de ferro fechar em queda na China com a indicação de continuidade da política de Covid zero.


No acumulado de cinco dias, o Ibovespa teve alta de 4,29%. No mês, valorizou 4,69%.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS