O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   23 de Fevereiro de 2024
Publicidade

Chile tem jogo da Supercopa suspenso por violência e fogo no estádio Nacional

Houve comportamento violento por parte da torcida, que chegou a colocar fogo nas arquibancadas

12/02/2024 - 18h23

Santiago (Chile)

Com ge

Supercopa do Chile entre Colo-Colo e Huachipato foi suspensa após confusão em estádio (Foto: EFE)

A disputa da Supercopa do Chile 2024 entre Colo-Colo e Huachipato foi suspensa, depois de uma série de incidentes no Estádio Nacional, em Santiago, neste último domingo. Houve comportamento violento por parte da torcida, que chegou a colocar fogo nas arquibancadas.


Esse jogo teve a estreia do meio-campista Arturo Vidal pelo Colo-Colo, contratado no início deste ano e apresentado pelo clube com direito a helicóptero e cavalo. Ele fez de pênalti um dos gols da vitória parcial do time (o outro foi de Palacios).


Houve confusão dentro do Estádio Nacional desde antes do início da Supercopa, principalmente na parte ocupada por uma torcida organizada do Colo-Colo. Torcedores chegaram a entrar em conflito com as forças de segurança presentes no local e tentaram entrar no gramado.


Houve a tentativa de retomar o jogo, após cerca de meia hora de paralisação mais atraso de 15 minutos do início do segundo tempo, mas ela não durou muito. Um incêndio estourou em uma das alas do estádio (veja nas imagens abaixo), o que levou a arbitragem da Supercopa do Chile a suspender a partida, aos 31 minutos da etapa final.


— Em outros lugares, outras medidas são tomadas. Temos que tomar muito cuidado na hora de analisar o que aconteceu — afirmou Arturo Vidal, aos jornalistas após a suspensão do jogo.


De acordo com a ANFP (Federação de Futebol do Chile), todos os dispositivos de segurança foram cumpridos, e os problemas foram somente em um setor do Estádio Nacional. Foi necessário suspender o jogo por causa da quantidade de pessoas da segurança privada feridas. Cerca de 11, número próximo ao de policiais feridos.


A data para a disputa do tempo que restou da Supercopa do Chile ainda vai ser definida. O presidente da ANFP, Pablo Milad, já adiantou que não haverá a presença do público.


Esse é mais um episódio de violência no futebol chileno nos últimos anos. Em setembro de 2022, o clássico entre Universidad de Chile e Universidad Católica foi suspenso após bombas atiradas no gramado quase atingirem o goleiro Martín Parra, da La U.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS