O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   23 de Fevereiro de 2024
Publicidade

Corinthians apresenta Gustavo Henrique e zagueiro explica demora para estrear

Sem estipular prazo, zagueiro disse que ainda busca ritmo de treino e jogo para poder estrear 

12/02/2024 - 15h34

São Paulo 

Com ge

Gustavo Henrique é apresentado no Corinthians (Foto: Emilio Botta)

O Corinthians apresentou o zagueiro Gustavo Henrique em coletiva nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. O zagueiro ficou no banco de reservas na vitória sobre a Portuguesa, no domingo, e não entrou em campo.


Sem estipular prazo, Gustavo Henrique disse que ainda busca ritmo de treino e jogo para poder estrear.


Ao chegar no Corinthians, Gustavo Henrique foi diagnosticado com um desequilíbrio muscular nas pernas e precisou de três semanas de trabalho para ser liberado.


– Eu me sinto 100%, vinha jogando e treinando no Valladolid. Quando cheguei aqui constataram que eu tinha um desequilíbrio muscular, entraram em acordo com o Valladolid para pagarem meu salário durante esse tempo. Eu me sinto preparado, estou 100% e espero ajudar o Corinthians.


– Estamos conversando para entrar em ritmo de treino e jogo para a gente poder estrear. Por onde passo procuro dar o meu olhar, independentemente de estar jogando ou não. Sempre vou buscar a titularidade, sempre respeitando o treinador e meus companheiros – disse.


Gustavo Henrique elogiou os primeiros dias de trabalho de António Oliveira. O zagueiro fez uma comparação entre os dois e disse que ambos têm no Corinthians uma grande oportunidade na carreira.


– Ele chegou com um ânimo grande, assim como eu é uma grande oportunidade que ele está tendo na carreira. A gente percebeu que tem um grande conhecimento, fez grandes trabalhos e espero que repita isso aqui. Agrada jogar com três zagueiros ou linha de quatro, mas vamos estar sólidos defensivamente para ajudar na busca por resultados – analisou o zagueiro.


A contratação de Gustavo Henrique foi vista como uma oportunidade de mercado pela diretoria do Corinthians, que prioriza a chegada de jogadores abaixo dos 30 anos. O zagueiro rescindiu contrato com o Valladolid, mas deixou o clube espanhol com um percentual de seus direitos econômicos.


Na negociação, o Corinthians ficou com a maior parte: 70% dos direitos econômicos – os outros 30% permanecem com o Valladolid.


– Foi tudo muito rápido, teve o contato do Corinthians e não pensei duas vezes. A confiança que eles demonstraram, espero poder retribuir a confiança. A torcida pode esperar um cara aguerrido, já joguei muitas vezes na arena e é uma atmosfera é prazerosa, pode esperar muita entrega e não vai faltar profissionalismo. Vou me dedicar para que dê certo – disse.


O contrato de Gustavo Henrique é válido até 31 de dezembro de 2025, com multa rescisória de R$ 300 milhões para o mercado nacional e 100 milhões de euros para o internacional.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS