O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Maio de 2022
Publicidade

Grupo Cataratas marca visita técnica no Aquário do Pantanal

Governador espera manutenção de contrato

26/01/2022 - 16h30

Campo Grande

Governador espera manutenção de contrato (Foto: )

Acompanhado dos secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura) e Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), o governador Reinaldo Azambuja se reuniu nesta quarta-feira (26) com a diretoria do Grupo Cataratas para cobrar um posicionamento da empresa sobre a gestão do Aquário do Pantanal. 


A holding que administra pontos turísticos no Paraná, Pernambuco e Rio de Janeiro venceu licitação de 2014 para conduzir o aquário sul-mato-grossense. Agora, próximo da conclusão das obras, o Estado busca a validação do contrato.


“Entregamos um relatório para a diretoria do grupo, que ficou impressionada com a organização da reta final das obras do Aquário. A entrega está prevista para março de 2022 e gostaríamos muito que ele fosse operado pela Cataratas, empresa que já tem expertise no assunto e está no Parque Nacional do Iguaçu (PR), em Fernando de Noronha (PE), no Cristo Redentor (RJ) e no AquaRio (RJ)”, destacou Reinaldo Azambuja após o encontro, realizado no Rio de Janeiro.


À comitiva do Governo do Estado, o CEO do Grupo Cataratas, Pablo Mórbis, disse que o conselho da empresa deve se reunir no dia 7 de fevereiro para tratar, entre outros assuntos, da viabilidade do contrato do Aquário do Pantanal. Antes disso, ele se comprometeu em enviar representantes da empresa para uma visita técnica no empreendimento.


Caso o grupo decida por não manter o contrato, o Governo de Mato Grosso do Sul deve assumir a gestão por um ano, até outra empresa ser escolhida por meio de nova licitação. "Se necessário for, vamos ter que criar uma estrutura para administrar o Aquário e abrir à visitação, até buscarmos uma nova empresa", afirmou o governador.


Aquário do Pantanal


Considerado um dos maiores viveiros de água doce do Brasil, o Aquário do Pantanal, em construção em Campo Grande, está com cronograma de obras avançado. O secretário Eduardo Riedel destacou que cerca de R$ 250 milhões foram aplicados no empreendimento que se tornará ponto turístico e centro de pesquisa da ictiofauna pantaneira.


"A empresa que assumir vai entrar num mercado que está com potencial de crescimento gigante. E nos próximos anos boas oportunidades vão surgir", pontuou Eduardo Riedel, destacando, ainda, que o espaço vai atender toda a população, atrair turistas, gerar conhecimento científico e trabalhar educação ambiental. 


Com aproximadamente 19 mil m² de área construída, o Aquário do Pantanal contará com 33 tanques, sendo 23 internos e oito externos, além de um tanque de abastecimento e um tanque de descarte de efluentes, totalizando um volume de cinco milhões de litros de água.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS