O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Fevereiro de 2024
Publicidade

Prefeitura da Capital faz mutirão para acolher moradores em situação de rua

O mutirão integra diversos serviços para atender pessoas em situação de rua e usuários de drogas

01/12/2023 - 12h18

Campo Grande 

Mutirão atende moradores de rua (Foto: Divulgação)

A Pefeitura de Campo Grande realizou nesta semana, a 6ª Edição do PAIC (Programa de Ação Integrada e Continuada), organizada pela Coordenadoria de Proteção à Pessoa em Situação de Rua e Política Sobre Drogas (Coprad), da SDHU (Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos). 


O mutirão integra diversos serviços para atender pessoas em situação de rua e usuários de drogas, desta vez ofertada no entorno da linha férrea da Morada do Baís.


Segundo Bárbara Mesquita, coordenadora da Coprad, o objetivo da ação é gerar um vínculo com os moradores em situação de rua, com a oferta de serviços básicos como corte de cabelo, banho, além do atendimento das equipes de saúde e também das equipes de acadêmicos de psicologia da Uniderp.


“Após esse acolhimento e essa escuta, nós ofertamos as vagas em Comunidades Terapêuticas conveniadas à prefeitura para àqueles que desejam tentar sair da dependência química”, explicou.


No total, foram 57 pessoas abordadas, sendo que cinco delas aceitaram o encaminhamento para uma Comunidade Terapêutica para fazer o tratamento com apoio profissional para superar a dependência. Também foram realizados 21 banhos, 25 cortes de cabelo, seis encaminhamentos para o Caps Ad  (Centro de Atenção Psicossocial), oito encaminhamentos para a Defensoria Pública da União no Mato Grosso do Sul, 30 atendidos dos acadêmicas de Psicologia Uniderp e doação de 33 kits Higiene distribuídos pela Semu (Subsecretaria de Políticas para a Mulher).


“Nós da SDHU temos como uma de nossas prioridades, oferecer essa cadeia de solidariedade para mostrar que, apesar de todas as dificuldades, essas pessoas não estão sozinhas. Se elas tiveram um caminho para chegar nessa condição, elas podem ter um caminho de volta ou para outro que seja de final digno e feliz. E claro, também contamos como o apoio de toda a sociedade e organizações da sociedade civil como voluntário ou voluntária para fortalecer ainda mais esse elo de amor e respeito ao próximo”, aponta Thais Helena, subsecretária da SDHU.


A ação contou com parceria integrada entre as Secretarias de Assistência Social (SAS), por meio das equipes do SEAS (Serviço Especializado em Abordagem Social) – Centro Pop, a Semu (Subsecretaria de Políticas da Mulher), Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) e Secretária Municipal de Saúde.


A iniciativa conta também com o apoio do CCSRC (Conselho Comunitário de Segurança da Região Central), da AMBC (Associação dos Moradores do Bairro Cabreúva), Associação de Amigos e Moradores do Bairro Amambai, Câmara Municipal de Campo Grande e do Conselho da Região Urbana do Centro.


Confira os serviços que foram realizados no local:


– Busca Ativa e Triagem com equipe Seas – Centro Pop;

– Testes Rápidos de ISTs com Consultório na Rua;

– Atendimento Equipe Técnica Caps AD;

– Acolhida e atendimento com equipe de acadêmicos de psicologia UNiDERP;

– Atendimento com equipe DPU (Defensoria Pública da União) e DPE;

– Corte de Cabelo – Transformando Vidas;

– Trailer Banho – Projeto Matheus

– Varal Solidário –  A A M B A;

– kits Higiene e Biju – SEMU;

– Biblioteca Itinerante – Sectur;

– Projeto Café com Jesus;

– Regulação de Vagas para Acolhimento e Tratamento para Comunidades Terapêuticas – SDHU;

– Triagem Acolhimento para equipamentos da SAS

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS