O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   13 de Abril de 2024
Publicidade

Audiência pública na Assembleia discute situação do estádio Morenão

O estádio de futebol está em reforma há dois anos

26/02/2024 - 15h45

Campo Grande

Deputado Pedrossian Neto, autor da proposta. (Foto: Alems)

A situação do Estádio Universitário Pedro Pedrossian, o “Morenão”, que está em reforma há dois anos, será debatida nesta quinta-feira (29) a partir das 14h em audiência pública na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). 


Denominada "Estádio do Morenão: seu Futuro e sua Utilização", a audiência foi proposta pelo deputado Pedrossian Neto (PSD) e deve contar com a participação de representantes de órgãos e entidades ligadas ao esporte e às obras no estádio.


O termo para reforma do Morenão foi assinado em 19 de outubro de 2021 entre o então governador Reinaldo Azambuja e o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Marcelo Turine. Segundo informação na página da UFMS, o investimento é de R$ 9,5 milhões e integra o programa MS + Esporte. As obras tiveram início no primeiro semestre de 2022. 


“Não tem como o nosso futebol prosperar, se não tivermos um estádio para receber torcidas, uma cobertura jornalística e televisiva, suficiente até para ajudar no patrocínio do futebol de Mato Grosso do Sul”, afirmou o deputado Pedrossian Neto.


De acordo com o parlamentar, a audiência vai discutir a “reforma interminável” e a falta, até então, de perspectiva para conclusão das obras. “Isso tem trazido uma série de problemas e prejuízo ao esporte”, avalia.


Devem participar da audiência a Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), e a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul). Presidentes de clubes de futebol do Estado, torcidas organizadas, federações, pessoas que gostam de futebol e o público em geral são convidados para o evento.


O estádio e partidas históricas


Maior estádio universitário do Brasil,  o Morenão foi construído pelo ex-governador Pedro Pedrossian (1928-2017) no campus da então Universidade Estadual de Mato Grosso (UEMT), atualmente UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).


A inauguração foi no dia 7 de março de 1971, com o confronto entre Flamengo e Corinthians, equipes com as maiores torcidas do País. Os rubro-negros venceram por 3 a 1, segundo informação do Museu do Futebol.


O maior público do Morenão, ainda conforme o Museu do Futebol, foi registrado em 23 de fevereiro de 1978. Naquela quinta-feira, 38.122 torcedores viram o Operário vencer o Palmeiras por 2 a 0. 

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online