O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Abril de 2024
Publicidade

Bolsa abre em queda com juros dos EUA no radar; o dólar sobe e vai a R$ 5,07

Na véspera, o dólar à vista fechou o dia cotado a R$ 5,0589 na venda, estável

03/04/2024 - 10h12

São Paulo 

Com CNN

Contagem de notas de 100 dólares (Foto: Sukree Sukplang/Reuters )

A bolsa paulista abria com viés de baixa nesta quarta-feira (3), ainda minada pela alta nos rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, enquanto a alta dos preços do petróleo no exterior fornecia algum suporte às ações da Petrobras.


Às 10h30, o Ibovespa caía 0,36%, a 127.083 pontos. O contrato futuro do Ibovespa com vencimento mais curto, em 17 de abril, tinha variação positiva de 0,12%.


Já o dólar, no mesmo horário, operava em alta de 0,38%, cotado a R$ 5,076, rondando os patamares intradiários mais altos desde outubro do ano passado.


Na véspera, o dólar à vista fechou o dia cotado a R$ 5,0589 na venda, estável.


Investidores estão na expectativa de discurso do chair do Federal Reserve (Fed, na sigla em inglês), Jerome Powell, no começo da tarde, dado o aumento de incertezas sobre os próximos passos do banco central norte-americano, particularmente quando começará a reduzir os juros na maior economia do mundo.


No Brasil, também está no radar a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em evento em São Paulo, conforme agentes continuam calibrando apostas sobre a Selic após a autoridade monetária encurtar a sua prescrição futura em relação aos cortes na taxa básica de juros.


Ainda nesta sessão, o Banco Central fará leilão de até 16 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 3 de junho de 2024.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online