O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Maio de 2022
Publicidade

Petição online quer reunir cinco milhões por impeachment de Dilma

18/06/2013 - 13h58

Terra

Petição quer reunir 5 milhões de assinaturas (Foto: Divulgação )
A rede de ativistas Avaaz, que promove petições online em diversos locais do mundo, pretende reunir 5 milhões de assinaturas digitais para pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No final da manhã desta terça-feira, quase 140 mil pessoas haviam aderido à campanha "para acabar com a corrupção, desvio de dinheiro público, sucateamento da saúde, das estradas, da educação, segurança pública e outros", conforme o site.

"O PT, Partido dos Trabalhadores, hoje representado pela presidente Dilma, trouxe o mal estar para nação. A presidente Dilma, que foi eleita pelo povo brasileiro, está traindo o povo e dando continuidade ao idealismo esdrúxulo do PT. A Copa do Mundo comeu bilhões de reais que poderiam ter sido aplicados na saúde, na educação e em infra-estrutura. Nós brasileiros, estamos cansados dessa hipocrisia", manifestou o Avaaz na petição.

Hoje, a presidente garantiu que seu governo está atento às pressões sociais das ruas, decorrentes da onda de protestos contra o aumento das tarifas do transporte público no País. A presidente falou pela primeira vez sobre as manifestações que vêm ocorrendo em diversas cidades do Brasil nos últimos dias e defendeu o povo, afirmando que "essas vozes precisam ser ouvidas".

"A minha geração sabe o quanto isso nos custou, eu vi ontem um cartaz muito interessante que dizia 'desculpem o transtorno, estamos mudando o País'. Quero dizer que meu governo está atento a essas vozes pela mudança, está empenhado e comprometido pela pressão social", ressaltou a presidente.

Dilma afirmou que "o Brasil hoje acordou mais forte por causa das grandes manifestações". Para ela, "a grandeza das manifestações de ontem comprova a energia da nossa democracia. (...) Os que foram às ruas deram mensagem direta ao conjunto da sociedade, sobretudo aos governantes de todas as instâncias. Essa mensagem diretas ruas é por mais cidadania, por melhores escolas, por melhores hospitais, postos de saúde, pelo direto à participação".
Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS