O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   23 de Fevereiro de 2024
Publicidade

Relator no Senado crê que indicação de Dino terá aprovação de mais de 50 votos

 Se fosse hoje, eu arriscaria 53 [votos]”, afirmou o relator

06/12/2023 - 16h21

Brasília 

O senador Weverton Rocha (PDT-MA) e Flávio Dino, indicado para o STF (Foto: Reprodução/Facebook/Weverton)

O senador Weverton Rocha (PDT-MA), relator da indicação de Flávio Dino ao STF (Supremo Tribunal Federal), afirmou que o ministro tem um piso de 50 votos para garantir a aprovação de seu nome no plenário do Senado.


“Cada um tem a sua posição, vai fazer a sua aposta. Eu diária que o indicado para o Supremo tem esse piso de 50 votos e o teto de 62. Se fosse hoje, eu arriscaria 53 [votos]”, afirmou o relator.


O palpite foi dado antes do início da leitura do parecer na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado nesta quarta-feira (6).


Após a apresentação do relatório, os senadores pediram vista coletiva para se aprofundarem no texto, conforme determina o rito regimental.


Segundo o relator, Dino segue em busca de votos, conversando com senadores e bancadas na tentativa de converter votos dos considerados “indecisos”.


“Ele tem tido muita reunião externa, nos apartamentos funcionais dos senadores ou conversas por telefone”, afirmou o senador à CNN.


Na segunda-feira (4), Weverton Rocha apresentou parecer favorável à indicação de Dino.


“Trata-se de uma figura reconhecida e admirada nos mundos jurídico e político. Ex-professor de duas universidades federais, mestre em Direito, ex-juiz, senador, ministro de Estado, ex-governador, alguém que teve experiências exitosas no exercício de funções dos três poderes da República”, diz  o parecer.


A previsão é que o colegiado sabatine o atual ministro da Justiça em 13 de dezembro. (Com CNN)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS