O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   01 de Dezembro de 2020
Publicidade

Mato Grosso do Sul participa do programa Fazendo Justiça do CNJ

O evento será no Plenário do Tribunal, em Campo Grande.

20/11/2020 - 07h29

Campo Grande

Vista do prédio do Tribunal de Justiça em Campo Grande (Foto: : Fernando da Mata/G1 MS)

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) realizam nesta sexta-feira (20) cerimônia para formalizar a Pactuação do Plano Estadual do programa Fazendo Justiça. Será às 10h30 (horário de MS), no Plenário do Tribunal, na Capital.


No período da tarde, a partir das 14h, no Patronato Penitenciário de Campo Grande, haverá a inauguração do Escritório Social e, em seguida, do Serviço de Atendimento à Pessoa Custodiada, no Fórum.


Durante todo o dia a procuradora-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul, Fabíola Marquetti Sanches Rahim, acompanhará as atividades. 


“O fato do Estado participar de uma ação como esta é muito significativo para nós operadores do Direito. A importância do Programa e a abrangência que ele tem nos faz acreditar na superação dos desafios estruturais que caracterizam a privação de liberdade do País e que nossa Justiça trabalha integrada com todos os Poderes para diminuir esta realidade”, afirma. Ela estará representando o governador Reinaldo Azambuja no evento.


Em Mato Grosso do Sul, o Fazendo Justiça incluirá novas ações e fortalecerá as já desenvolvidas no programa Justiça Presente, do TJMS, mantendo o Judiciário como protagonista para superação de desafios no campo da privação de liberdade ao fomentar o diálogo entre instituições.


Na agenda do dia diversas autoridades representando o Poder Judiciário de MS, o CNJ e o Governo do Estado estarão presentes. Entre elas, o desembargador Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS; Valter Shuenquener de Araújo, juiz e secretário-Geral do CNJ; Mansour Elias Karmouche, presidente da OAB/MS; Alexandre Magno Benites de Lacerda, procurador-Geral de Justiça (MPE/MS); e Fábio Rogério Rombi da Silva, defensor Público-Geral de Mato Grosso do Sul.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS