O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   18 de Setembro de 2020
Publicidade

Capital reduz em 75% atendimento presencial com plataforma de matrículas

Sistema foi desenvolvido pela Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação).

29/01/2020 - 10h09

Campo Grande

Nova plataforma de matrículas na capital (Foto: Prefeitura)

Em apenas uma semana de operação, a “Matrícula On-line”, nova plataforma do sistema de matrícula da Reme (Rede Municipal de Ensino), desenvolvida pela Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), em parceria com a Semed (Secretaria Municipal de Educação), proporcionou a redução de 75% nos atendimentos presenciais em relação ao mesmo período do ano passado, o que corresponde a 6.802 solicitações feitas via web.


Ao todo, nesta primeira semana, foram realizados apenas 2.328 atendimentos presenciais na Semed, o que evitou filas dos pais que perderam os prazos da matrícula.


Para se ter uma ideia da agilidade do novo sistema, apenas nos dois primeiros dias de implantação os atendimentos virtuais cresceram 107%. O aumento no número de operações via web, segundo a chefe da Central de Matrículas, Adriana Cedrão, é devido a facilidade de acesso ao novo sistema web, que está muito mais completo e intuitivo, agilizando as solicitações.


“A nova plataforma é um divisor de águas no acesso da população aos serviços oferecidos pela Semed porque, passados todos os prazos, o responsável tinha que comparecer pessoalmente à Central de Matrículas para disputar as vagas remanescentes, causando superlotação na Semed. Com a nova plataforma, é possível realizar pela internet qualquer solicitação durante todo o ano letivo”, disse Adriana Cedrão.


Além disso, é possível consultar de forma on-line o andamento e resultado da solicitação, que não demora mais de 15 minutos para ser verificado ou em até dois dias em regiões de muita procura de vagas. O novo layout do site é um dos fatores responsáveis pela agilidade nas consultas.


“Queremos que a tecnologia aproxime a população e o governo municipal, que o cidadão acesse os principais serviços oferecidos pela Prefeitura pelo celular e de onde ele estiver”, explica Paulo Fernando Garcia Cardoso, diretor-presidente da Agetec, enfatizando ainda que “essa gestão entrega ferramentas tecnológicas que ajudam a solucionar problemas antigos como as filas quilométricas e a demora no atendimento”.


Para a coordenadora de sistemas da Agetec, Kellry de Moura, responsável pelo projeto Matricula On-line, o desafio foi o de sistematizar o processo das matrículas, que era 100% presencial e extensivo, pois demandava, entre outras funções, o deslocamento dos pais na Central de Matrículas e escolas com longas filas de espera. Um processo totalmente manual e desgastante para pais e servidores municipais.


“A entrega desse sistema totalmente intuitivo e de fácil alcance para a população de Campo Grande, além de satisfatório, nos remete que, sem dúvida, a gestão tem um olhar inovador e tecnológico em prol de facilitar o acesso aos serviços essenciais ao munícipe”.


Para os pais que tiverem dúvidas e desejarem buscar atendimento na Semed, os mais de 50 técnicos da Central de Matrículas, além dos técnicos da Agetec permanecerão no Centro de Formação da Semed até o dia 31 de janeiro auxiliando a população por meio dos quatro totens instalados na recepção e dos 55 computadores destinados a solicitação de vagas, transferências de alunos de unidades e demais consultas referentes ao processo de matrículas.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS