O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   01 de Dezembro de 2020
Publicidade

Congresso aprova projeto sobre compensação de perdas da Lei Kandir

Estados, Distrito Federal e municípios devem receber R$ 58 bilhões, divididos em parcelas, até 2037.

06/11/2020 - 17h02

De Brasília 

Municípios terão compensação da Lei Kandir (Foto: Divulgação )

Segue para sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro, o projeto de lei (PLN 18/2020) aprovado pelo Congresso Nacional na quarta-feira (4) que dá início ao cumprimento do acordo para compensação das perdas dos entes federados com a Lei Kandir. 


Pelo acordo, a primeira parcela do total devido pela União aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios será quitada ainda neste ano.


O projeto altera a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) em vigor para permitir que o Executivo seja dispensado da apresentação de medidas compensatórias, como aumento de impostos, em razão da transferência.


O acordo, homologado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 20 de maio, prevê regras para a União compensar os entes federados pelas perdas com a desoneração de ICMS nas exportações — desoneração prevista na Lei Kandir. Estados, Distrito Federal e municípios devem receber R$ 58 bilhões, divididos em parcelas, até 2037.


Estão previstos ainda dois repasses extras da União. Um, de R$ 3,6 bilhões, está condicionado à aprovação da PEC 188/2019 (Proposta de Emenda à Constituição do Pacto Federativo). 


O outro, de R$ 4 bilhões, depende do futuro leilão de petróleo dos blocos de Atapu e Sépia. As informações são da Agência Senado.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS