O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   27 de Janeiro de 2022
Publicidade

Sanesul intensifica o combate às perdas de água com capacitação dos funcionários

O objetivo desse curso é capacitar o funcionário para que ele possa detectar vazamentos não visíveis em tubulações da rede de abastecimento de água.

06/12/2021 - 15h45

Campo Grande

Sanesul intensifica o combate às perdas de água (Foto: Acom)

Investir na capacitação é ponto importante para deixar a equipe mais motivada e a Sanesul tem como política administrativa investir nos treinamentos, pois eles permitem que o trabalho seja feito com mais qualidade, melhorando o retorno para a empresa e o feedback positivo para o funcionário.


Em novembro, duas turmas foram capacitadas no curso de Pesquisa de Vazamento em Tubulações Pressurizadas, realizado no município de Jardim. O objetivo desse curso foi preparar o funcionário para que ele detecte vazamentos não visíveis em tubulações da rede de abastecimento de água.


O instrutor foi o profissional Nilton Zaniboni, mestre em Engenharia de saneamento Básico e engenheiro da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo. Entre o conteúdo abordado estavam noções de hidráulica, perdas de água, setorização e a técnica de escuta de ruído de vazamento através de haste de escuta com amplificador mecânico.


A capacitação técnica em práticas de combate às perdas hídricas é muito importante para a Sanesul e faz parte do planejamento da empresa as ações para evitar o desperdício de água.


Com 24 horas de abordagens teóricas e práticas, o curso apresentou a possibilidade de se localizar um vazamento de forma não destrutiva, ou seja, sem a necessidade de escavar o local para se confirmar a ruptura na tubulação de água. Foram convocados 32 funcionários da empresa que trabalham na operação do sistema de água tratada.


Combate às perdas de água, um desafio para as concessionárias.


De acordo com o diretor comercial e de operações da Sanesul, Onofre Assis de Souza, a redução das perdas de água tratada é uma das diretrizes da Sanesul, que consta no Plano de Metas da Empresa estipulado junto ao Governo do Estado.


“A Sanesul está seguindo a metodologia da Associação Internacional da Água, voltada a um programa de perdas. São feitos vários trabalhos nos municípios operados para obter a redução de perdas de água tratada”, comentou.


A Sanesul tem investido em ações que contribuem com a redução de perdas hídricas como a execução de troca de redes, atualização do parque de hidrômetros, reordenamento do sistema de distribuição de água com implantação de redes primárias e instalação de válvulas redutoras de pressão, instalação de válvulas controladoras de pressão, setorizações, e a capacitação dos profissionais.


“Com o marco legal do saneamento as metas de redução de perdas se tornaram um grande desafio.

Através desse curso conseguimos atacar uma grande parcela das perdas reais, evitando as escavações desnecessárias. Esse treinamento gera mais qualidade no serviço aplicando as técnicas ensinadas. Com certeza terá impacto nos indicadores de perdas e profissionaliza o corpo técnico da Sanesul”, comentou Alexandre Santos Andrade Monteiro, Coordenador de Tecnologias em Abastecimento de Água – COTAA.

Ações de combate às perdas em Bonito 


Em Bonito, algumas ações estão sendo realizadas com recursos próprios da Sanesul e da Caixa Econômica Federal, como estratégia de preservação ambiental como melhor aproveitamento do recurso da água neste paraíso ecológico.


“A região tem limitações de obtenção de água para abastecimento e isso se agrava em momentos de alta temporada quando a população chega a dobrar em relação ao número de habitantes. Hoje, temos resultados efetivos sobre as perdas de água no município e buscamos melhorar ainda mais esses indicadores. Cada gota de água recuperada é importante”, explica Elthon Santos Teixeira, Gerente de Desenvolvimento Operacional – GEDEO.


O contrato de financiamento na modalidade Redução e Controle de Perdas junto a Caixa Econômica Federal (Saneamento Para Todos) é o primeiro do tipo no Brasil. Diversas companhias acompanham os resultados em perdas da Sanesul para propor soluções nestes moldes. “Parte dessa solução inovadora é a atuação, não apenas na parte de obras, mas também de ações de treinamento e capacitação, de forma que tenhamos resultados duradouros, que se sustentem com a implantação de uma cultura de eficiência", finalizou o gerente.


O curso faz parte de Financiamento da Caixa Econômica e 95% dele é pago pelo financiamento e 5% é pago pela Sanesul.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS