O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Outubro de 2021
Publicidade

PSDB de MS rechaça citação na matéria “vira-casacas e traições movimentam disputa entre Dória e Leite"

O governador do Rio Grande do Sul esteve em Campo Grande, mês passado

07/10/2021 - 10h50

Campo Grande

Eduardo Leite (e) com Reinaldo e Walter Carneiro Jr. (Foto: Chico Ribeiro)

Willams Araújo


O diretório do PSDB de Mato Grosso do Sul rechaça citação em matéria do portal UOL, intitulada “Vira-casacas e traições movimentam disputa entre Dória e Leite no PSDB” entre Dória e Leite". 


Presidido pelo secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), o comando partidário emitiu nota em seu site oficial contestando a notícia do portal pertencente ao Grupo Folha, que edita o jornal Folha de São Paulo. 


"Não é um xadrez fácil. Na live em que Tasso fez com Leite, tucanos do Mato Grosso do Sul divulgaram voto em gaúcho, mas, ao UOL, o diretório estadual afirmou que não tem apoio fechado e tem tratado os dois candidatos igualmente", diz trecho da reportagem, divulgada na última segunda-feira (4).


Segundo o portal de notícias, nas últimas duas semanas, o gaúcho tem ganhado apoios dentro do partido, inclusive entre grupos que já haviam prometido votar em Doria no pleito interno. Com equipe reforçada, o Palácio dos Bandeirantes tem contra-atacado e recuperado espaço no Nordeste.


Os tucanos sul-mato-grossenses garantem que em nenhum momento o Diretório Regional oficializou apoio ou sugeriu preferência por João Dória (SP) ou Eduardo Leite (RS)". 


"As visitas dos governadores ao Estado, em datas distintas, cumpriram o mesmo rito nas agendas, justamente para evitar insinuação de privilégios para qualquer um deles", reforça a nota. 


Disputa acirrada


Ainda, segundo a matéria, assinada pelo jornalista Lucas Borges Teixeira, com a mudança do Paraná, o quadro, nas contas entre as pré-campanhas, aponta pelo menos sete estados com o gaúcho (Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina) e no mínimo cinco com o paulista (Acre, Distrito Federal, Pará, São Paulo e Tocantins).

Virgílio tem o apoio do Amazonas.


As indicações de apoio dos diretórios estaduais, no entanto, são só meia banda da disputa. Para este ano,

as prévias do PSDB são proporcionais de acordo com o cargo ocupado, dividido em quatro grupos:


Este formato representou uma derrota para Doria, que lutava por 50% para os filiados sem mandato. O

estado de São Paulo tem de 25% a 30% de filiados do partido, o que daria uma vantagem considerável ao

paulista.


É neste grupo e no de prefeitos e vice-prefeitos que a campanha de Doria tem fiado a vitória. São Paulo

representa cerca de 1/3 do total de prefeituras tucanas do país, com quase 180 cidades.


25% para votos de governadores, vice-governadores, presidente e ex-presidentes do partido,

deputados federais e senadores

25% para prefeitos e vice-prefeitos

25% para vereadores e deputados estaduais e distritais

25% para filiados no geral, sem mandato



Confira a nota na íntegra 



Nota de Esclarecimento


Tendo em vista matéria publicada no Uol, “Vira-casacas e traições movimentam disputa entre Dória e Leite no PSDB”, o Diretório Regional do PSDB de Mato Grosso do Sul presta os seguintes esclarecimentos que se fazem necessários para dirimir dúvidas em relação ao seu posicionamento sobre as prévias, que indicarão candidatura a presidente da República para 2022:


1-Em nenhum momento o Diretório Regional oficializou apoio ou sugeriu preferência por João Dória (SP) ou Eduardo Leite (RS);


2- As visitas dos governadores ao Estado, em datas distintas, cumpriram o mesmo rito nas agendas, justamente para evitar insinuação de privilégios para qualquer um deles;


3 – O PSDB de Mato Grosso do Sul reforça que os nomes dos governadores serão postos à avaliação, em encontro a ser realizado nos próximos dias, para posterior anuncio oficial;


4 – Por fim, o Comando Regional lamenta e reitera estranheza pela forma como o partido de MS foi citado no texto, cujo teor deveria merecer consulta prévia, o que infelizmente não ocorreu.


Comando Regional do PSDB de Mato Grosso do Sul


Campo Grande, 04 de outubro de 2021

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS