O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Maio de 2022
Publicidade

Entrega de declarações do Imposto de Renda 2022 já supera 18 milhões

Com o novo prazo, que agora vai até o dia 31 de maio, ainda faltam 15,8 milhões de declarações, de acordo com a Receita

02/05/2022 - 16h52

R7

Imposto de Renda (Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

O número de declarações entregues do Imposto de Renda 2022 já supera 18 milhões. Segunda a Receita Federal, foram entregues 18,3 milhões de documentos até as 11h desta segunda-feira (2). A expectativa é que 34,1 milhões sejam enviados até o fim do prazo, que passou de 29 de abril para 31 de maio.


A entrega começou em 7 de março. Contribuintes que ao longo do ano passado receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 precisam acertar as contas com o Fisco. Quem não cumprir o prazo deverá pagar multa de 1% ao mês sobre o valor do Imposto de Renda devido.


A declaração pode ser enviada via computador, pelo endereço gov.br/receitafederal, ou por tablets e smartphones, por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”.


Restituição


As restituições do Imposto de Renda deste ano ocorrerão em cinco lotes. Os pagamentos começam em 31 de maio, data do primeiro lote, seguindo a ordem de prioridade estabelecida em lei, e vão até 30 de setembro, quando será pago o quinto lote. Os contribuintes que enviarem a declaração primeiro receberão a restituição também nos primeiros lotes.


Como corrigir a declaração enviada


Se você enviou a declaração mas percebeu algum erro, envie outra declaração com todas as informações corretas (declaração retificadora). É preciso informar o número do recibo da declaração que será retificada. Essa informação é obrigatória em declarações retificadoras. Também é necessário usar o programa do mesmo ano que você quer retificar.


Retificação


Até o último dia do prazo de entrega você pode fazer a retificação e também trocar o regime de tributação (desconto simplificado ou deduções legais).


Após o último dia do prazo, o contribuinte tem cinco anos para fazer a retificação, desde que a declaração não esteja sendo fiscalizada. A fiscalização começa a contar no momento em que a pessoa recebe uma intimação da Receita Federal.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS