O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   18 de Maio de 2024
Publicidade

Novo gestor assume desafio de solucionar gargalos no trânsito de Campo Grande

Paulo da Silva assume direção da Agetan na próxima segunda-feira

20/04/2024 - 07h47

Campo Grande

Paulo da Silva assume direção da Agetan na segunda-feira (Foto: Divulgação )

Nomeado para dirigir a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), na última segunda-feira (15), o ex-diretor da Funsat (Fundação Social do Trabalho), Paulo da Silva assumiu  o grande desafio de solucionar os gargalos no trânsito de Campo Grande. 


Em entrevista logo após a sua nomeação ser publica no Diogrande, Diário Oficial de Campo Grande), Paulo da Silva falou sobre suas expectativas e planos para a gestão. 


"Minha expectativa é realizar uma gestão humanizada, tanto com os servidores quanto com a população, atendendo aos anseios da comunidade", afirmou. 


Ele destacou a consciência das responsabilidades envolvidas em administrar o trânsito da cidade, reconhecendo os desafios enfrentados.


"Temos consciência das responsabilidades de administrar uma empresa de trânsito, que envolve toda a cidade. Sabemos dos desafios, pois o trânsito em Campo Grande está em constante crescimento e mudança. Precisamos cuidar das novas modalidades que surgem e voltar a nossa atenção para o pedestre", ressaltou Silva.



O diretor salientou que a abordagem será humanizada, priorizando melhorias na sinalização, viabilidade urbana e o cumprimento das políticas públicas do setor. 


"Cuidaremos do trânsito com um olhar humano, melhorando a sinalização, a viabilidade urbana e buscando alcançar os objetivos das políticas públicas do setor", concluiu.


Trajetória 


Nascido no interior do estado de São Paulo, na cidade de Adamantina, em 27 de abril de 1964, Paulo da Silva é formado em Contabilidade pela Escola Técnica Prof. Idene Rodrigues dos Santos de Junqueirópolis (SP). Também é bacharel em Licenciatura pelas Faculdades Integradas Campos Salles de São Paulo. 


Com 22 anos de atuação, ocupou a função de bancário de 1984 a 1987 e foi professor da Fundação Bradesco por seis anos. Integrou o quadro da Águas Guariroba como gestor de 2005 a 2007 e atuou como assessor nos legislativos municipal e estadual de 2009 a 2018. 


Além disso, foi assessor da Casa Civil do Estado de Mato Grosso do Sul e assumiu o cargo de diretor-presidente da Funsat em 20 de outubro de 2022, onde permaneceu até este ano.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online