O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Maio de 2022
Publicidade

Marquinhos Trad comemora desempenho na área de saúde pública

Capital de Mato Grosso do Sul se destaca em ranking nacional

30/03/2022 - 06h40

Campo Grande

Prefeito Marquinhos Trad (Foto: Reprodução/TV Morena)

A Prefeitura de Campo Grande já convocou 1.401 profissionais aprovados no concurso da saúde desde 2020. Estes novos servidores reforçam as equipes nas unidades e refletem diretamente no atendimento na Capital. Os investimentos fizeram Campo Grande saltar quase 20 posições no ranking nacional de cobertura da atenção primária.


O município, que ocupava a 27ª colocação na cobertura da Atenção Primária dentre as capitais, chegou à 8ª posição e hoje conta com 67% da população coberta por equipes multiprofissionais que atuam em diversas frentes para ampliar a qualidade da saúde dos campo-grandenses.


No concurso realizado, pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), em 2019, foram ofertadas mais de 600 vagas em diversas áreas, e já foram convocados 1.401 profissionais de diversas áreas de atuação.


“Esse é um avanço a ser comemorado com louvor. Depois de Campo Grande ser considerada a Capital com a pior saúde pública do país, hoje estamos entre os dez primeiros colocados, graças a todo o esforço das nossas equipes”, comemora o prefeito Marquinhos Trad.


Também com reconhecimento nacional, os programas de residência médica e multiprofissional em saúde da família e comunidade também tem um grande impacto na melhora dos atendimentos de saúde na cidade.


“São profissionais do país todo que vêm para Campo Grande fazer a residência e, enquanto cursam, também reforçam o atendimento nas unidades de saúde e, depois, levarão esse aprendizado para suas cidades”, comenta José Mauro Filho, secretário municipal de saúde.


A ampliação da cobertura também resulta em um cadastramento mais completo da população da cidade no Sistema Público de Saúde. Atualmente 85% dos moradores estão cobertos por equipes de estratégia de saúde da família, ou seja, há sempre um médico da família próximo de casa.


Kamila Rocha, de 40 anos, é auxiliar administrativo em um abrigo de crianças que é acompanhado pela equipe da USF Tiradentes e elogia o serviço prestado. “Com a equipe daqui não há o que reclamar! Temos uma parceria muito boa no abrigo e, sempre que acolhemos uma criança nova, a médica daqui vai até lá para dar o primeiro atendimento para eles”, comenta.


A autônoma Andrieli Mota, de 36 anos, concorda que o serviço de saúde é de excelência na USF Estrela do Sul, que é a mais próxima de sua casa. “Se preciso levar minha filha no pediatra, eu posso ir qualquer dia na unidade que vou conseguir o atendimento que ela precisa”.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS