O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   14 de Agosto de 2022
Publicidade

Pesquisas apontam que vice mulher é melhor para campanha de Tebet

Emedebista aguarda definição do vice pela federação PSDB/Cidadania

29/07/2022 - 19h46

CNN

Tebet sinalizou que aceitaria qualquer um dos nomes cogitados (Foto: Adriano Machado/Reuters)

Interlocutores próximos à senadora Simone Tebet (MDB) afirmam que foi feita uma pesquisa qualitativa que não aponta o senador Tasso Jereissati (PSDB) como o nome ideal para ocupar a vaga de vice na chapa presidencial encabeçada por ela. O estudo, contratado para consumo interno da campanha, indica que uma mulher na chapa somaria mais na disputa pelo Palácio do Planalto.


Segundo fontes próximas à candidata do MDB, Tebet recebeu pelo menos quatro nomes da federação que podem ocupar a vaga de vice. Além de Tasso, três mulheres, entre elas Eliziane Gama (Cidadania) e Mara Gabrilli (PSDB). A candidata sinalizou aos partidos que aceitaria qualquer um dos nomes. Ela também tem dito que, emocionalmente prefere Tasso, mas racionalmente entende que uma outra mulher poderia trazer resultados melhores.


A vaga de vice pertence à federação PSDB/Cidadania, mas a escolha do nome ainda depende da solução do impasse regional do Rio Grande do Sul, que, pela vontade das cúpulas dos partidos, viria com MDB cedendo a favor da candidatura de Eduardo Leite (PSDB), provavelmente com Gabriel Souza (MDB) na chapa como vice.


A decisão sobre a posição dos partidos será apenas na convenção estadual, marcada para domingo (31). Com isso, a definição do nome que ocupará a vaga de vice na chapa com Tebet deve sair depois dessa definição. Os diretórios gaúchos tanto do MDB, quando do PSDB farão suas convenções no mesmo dia.

Nos últimos dias, Tasso tem manifestado nos bastidores interesse pela disputa estadual, inclusive com a possibilidade de tentar reeleição ao Senado Federal.


Diante desse cenário, a ideia é oferecer ao tucano um posto de coordenação na campanha presidencial de Simone, como ele já exerceu em candidaturas em eleições passadas. Ainda de acordo com fontes dos partidos, se o impasse regional nos diretórios gaúchos não for solucionado, aumentam as chances de Eliziane Gama (Cidadania) ser a escolhida.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS