O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   19 de Setembro de 2021
Publicidade
Últimas Notícias
Willams Araújo
Chapa eclética
Chapa eclética

Acredite quem quiser, mas caminha a passos largos o apoio do ex-governador Zeca do PT ao candidato do PSDB ao governo de Mato Grosso do Sul. O nome do secretário de Estado Eduardo Riedel (Infraestrutura) aglutina, segundo fontes palacianas, o apoio do petista e provavelmente contará com a adesão ao seu palanque de outros partidos de esquerda, como é o caso do PDT do deputado federal Dagoberto Nogueira. As articulações em torno do fortalecimento da campanha tucana continuam fortes nos bastidores da política sul-mato-grossense. Esperar pra ver! 

Flerte brizolista

O provável apoio do PDT ao nome de Eduardo Riedel já foi até manifestado publicamente por Dagoberto Nogueira em recente encontro do partido em Campo Grande. “O (Eduardo) Riedel é preparado, foi presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), não tem problemas judiciais. Vamos esperar definir a legislação eleitoral, depois disso, vamos ver se nosso campo vai ter candidato, e se não tiver, quem pode dar palanque ao (ex-ministro) Ciro (Gomes)”, afirmou.

Mineração

A Comissão de Minas e Energia da Câmara rejeitou proposta de deputados do PSOL que anulava portaria do Ministério de Minas e Energia que tornou serviço essencial segmentos do setor mineral, como lavra, beneficiamento e transporte de minérios. A medida fez com que o setor mineral pudesse continuar trabalhando durante a pandemia. O Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 136/20 foi apresentado pelo deputado Ivan Valente (PSOL-SP) e outros parlamentares do partido. Eles afirmam que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, extrapolou os seus poderes, pois o decreto que regulamentou as medidas de enfrentamento da pandemia não incluiu o setor mineral entre as atividades essenciais.

Discordo
Discordo

Particularmente, o relator do projeto, deputado Beto Pereira (PSDB-MS), que recomendou a rejeição, discordou. Segundo ele, desde que foi editado, também em março, o decreto sofreu diversas mudanças. Uma delas, ocorrida em abril de 2020, incluiu as atividades de lavra, beneficiamento, produção, comercialização, escoamento e suprimento de bens minerais entre os serviços essenciais. “Não se vislumbra, portanto, que o ministro tenha exorbitado do poder regulamentar ou dos limites da delegação legislativa”, disse Pereira. Ele pediu ainda a rejeição do projeto que tramita apensado e trata do mesmo assunto (PDL 141/20).

Prevent Senior

As denúncias de que o plano de saúde Prevent Senior teria ocultado mortes de pacientes em estudo para testar a eficácia da hidroxicloroquina e azitromicina no tratamento de Covid-19 não surpreenderam o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Se tiveram a ideia de fazer mudança na bula da cloroquina na Anvisa, por decreto presidencial, nada me espanta”, afirma o ex-ministro, em entrevista ao Estado de Minas. 

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS