O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   22 de Setembro de 2020
Publicidade
Publicidade
Últimas Notícias
Publicidade
Willams Araújo
Revoada

Com 57 candidaturas a prefeito nas eleições deste ano, o PSDB sul-mato-grossense vai para o confronto político em todas as regiões. É a revoada dos tucanos na tentativa de conquistar a maioria das 79 prefeituras do Estado. Os números foram confirmados após as convenções realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro. Do total, o partido terá 35 prefeitos disputando à reeleição e 22 candidatos que estão em busca do primeiro mandato. A sigla terá ainda 17 vices.

Hegemonia
Hegemonia

Hegemônico no governo do Estado, atualmente o PSDB de Mato Grosso do Sul, comandado pelo secretário especial do Governo, Sérgio de Paula, é o partido com maior representatividade política no Estado, e proporcionalmente o maior do país, com mais de 32.500 filiados, 270 vereadores, 18 vice-prefeitos, 47 prefeitos, cinco deputados estaduais, três deputados federais e o governador reeleito Reinaldo Azambuja.

Nota oficial
Nota oficial

Candidato do PSDB à prefeitura de Naviraí, o deputado estadual Onevan de Matos testou positivo para a Covid-19 (novo coronavírus). “Informo que após realização de exames, na manhã desta segunda-feira, testei positivo para a Covid-19. Por esse motivo estou em quarentena, em casa, sob cuidados médicos, companhia familiar e tomando todos os cuidados necessários. Agradeço as mensagens de carinho que já recebi, bem como as orações. Espero, brevemente, retomar as minhas atividades político-parlamentares”, diz nota oficial publicada pelo parlamentar, cotado para comandar a prefeitura da cidade pela segunda vez. 

Pulso

Simone Tebet (MDB-MS) defendeu mão firme na punição de quem desrespeita a preservação ambiental. Para ela - que integra a comissão temporária do Senado para acompanhar o combate às queimadas no Pantanal -, 99% do produtor rural brasileiro se preocupam com o meio ambiente. “É verdade, nós estamos de parabéns, o agronegócio brasileiro trabalha com sustentabilidade, produtividade, preservando o meio ambiente. 99% do homem do campo, do pantaneiro, do pecuarista, do agricultor, fazem a sua parte”, disse a senadora em entrevista à Globonews, defendendo que o 1% que desmata, faz grilagem ou provoca incêndio criminoso deve ser punido com rigor. 

Vara de Condão

O PT pretende propor a revogação total da Lei de Segurança Nacional e a aprovação, em seu lugar, de uma Lei de Proteção do Estado Democrático, em uma proposta de mudanças para o país. O documento “Plano de Reconstrução e Transformação do País”, divulgado em um evento virtual com os principais nomes do partido, é uma espécie de plano de governo e propostas legislativas para um período pós governo Bolsonaro. A revogação da LSN, cuja última versão é de 1983, é apontada como central para manutenção da democracia no país. Proposta é o que não falta para aquelas bandas, porém...

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS