O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   21 de Agosto de 2019
Publicidade
Últimas Notícias
Publicidade
Willams Araújo
Praga de bruxa

A vida dos petistas não anda mesmo dando muita sorte de uns anos por cá, principalmente depois que Lula apeou do poder e mais tarde foi preso por corrupção. Primeiro foi o impeachment da presidente Dilma, fora outras sucessivas lambanças políticas. Agora chegou a vez de Fernando Haddad, condenado pela Justiça Eleitoral por falsidade ideológica eleitoral, o caixa dois , na campanha para a prefeitura da capital paulista em 2012. Justamente no  momento em que se preparava para vir a Mato Grosso do Sul a convite de Zeca do PT. 

Pena

Haddad, que viria a Campo Grande e Dourados dar inicio as convenções em torno das eleições municipais, teve de cancelar sua agenda. Na Capital, a intenção era emplacar a candidatura de Zeca do PT à sucessão de Marquinhos Trad (PSD). É que o juiz Francisco Carlos Inouye Shintate determinou pena de quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto, e 18 dias-multa, cada um no valor de 1 salário-mínimo vigente na época do fato. O xiita ainda pode recorrer da decisão.

Eu juro

Pouco depois de sair da reunião com governadores, senadores e líderes partidários na terça-feira (20), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou à imprensa que o novo pacto federativo será concluído em até 65 dias. Um dos primeiros passos será a aprovação da distribuição da chamada cessão onerosa do pré-sal, com 15% dos recursos para estados e Distrito Federal, e outros 15% para municípios.

Refresco
Refresco

Davi afirmou ainda que a descentralização do bônus de assinatura da cessão onerosa para estados e municípios será provavelmente de R$ 21 bilhões, cerca de 30% do que a União prevê arrecadar. Os valores serão distribuídos seguindo as regras adotadas pelo FPE (Fundo de Participação dos Estados) e FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Essa votação deve ser finalizada já na semana que vem, segundo ele. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e os prefeitos agradecem. 

Alto nível
Alto nível

Acompanhado do ministro de Estado das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Araújo, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) deve ministrar a palestra "Corredor Rodoviário Bioceânico: Um Salto de Competitividade para Brasil, Paraguai, Argentina e Chile", na sessão de encerramento da VIII Reunião do Grupo de Trabalho (GT) do Corredor Rodoviário Bioceânico, nesta quinta-feira (22). O evento, organizado pelo Governo do Estado, vai receber autoridades do Chile, Paraguai e Argentina e já conta com 400 participantes inscritos.

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS