O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Agosto de 2019

Economia tem crescimento de 0,5% em maio, aponta monitor do PIB da FGV

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o crescimento foi de 4,3%

17/07/2019 - 15h18

G1

Economia tem crescimento de 0,5% em maio (Foto: Reprodução)

A economia brasileira registrou crescimento de 0,5% em maio na comparação com abril, segundo dados do Monitor do PIB-FGV, divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (17). Foi a primeira taxa positiva após três meses de queda.


O crescimento é explicado, principalmente, pelo desempenho da agropecuária (1,3%) e da indústria (0,6%), com crescimento em todos os seus componentes. Já o setor de serviços ficou estagnado, embora todas as atividades tenham crescido, à exceção de outros serviços.


Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o crescimento foi de 4,3%, influenciado pela baixa base de comparação em decorrência da greve dos caminhoneiros de maio de 2018. Nesta comparação, as únicas atividades que apresentaram retração foram a intermediação financeira (-0,1%) e a extrativa mineral (-7,0%), esta devido aos efeitos da tragédia de Brumadinho.


Pela ótica da demanda, na comparação com abril, apenas a formação bruta de capital fixo - que mede o quanto as indústrias aumentaram seus bens de capital, ou seja, aqueles bens que servem para produzir outros bens - cresceu (1,5%). No entanto, na comparação com maio de 2018, todos os componentes cresceram.


“O crescimento de 0,5% da economia em maio, segundo o Monitor do PIB-FGV, interrompe uma sequência de três quedas do PIB. Entre os três grandes setores, destacam-se a agropecuária e a indústria. Na comparação contra o mesmo período do ano passado, o forte crescimento de 4,3% da economia tem grande influência dos efeitos da greve dos caminhoneiros de maio de 2018, em que a base de comparação é muito baixa. Esses efeitos foram mais evidentes nas atividades de transformação, de comércio e de transporte”, afirma Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.


Projeções para o PIB

A alta do PIB (Produto Interno Bruto) em maio apontada pela FGV coincide com a verificada pelo (IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do BC) – considerado uma "prévia" do resultado do PIB – que registrou em maio alta de 0,54%.


O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.


Os números do Banco Central mostram que foi o primeiro mês de alta após quatro meses seguidos de retração do nível de atividade.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS