O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Agosto de 2019

Investimento em logística vai dar competitividade aos produtos de MS

Reinaldo Azambuja vai pedir agilidade do TCU em parecer sobre ferrovia

06/02/2019 - 08h05

Campo Grande

Reinaldo vai pedir agilidade do TCU em parecer sobre ferrovia (Foto: Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja irá conversar com os ministros Tribunal de Contas de União (TCU) sobre a importância de agilizar o parecer sobre a renovação e aumento da capacidade da Ferrovia Paulista. Ele falou sobre o assunto nesta terça-feira (5.2) com o diretor de Relações Governamentais da Rumo, Emanoel Tavares Costa Junior.


O crescimento da capacidade na Malha Paulista permitirá a ampliação dos embarques na Ferronorte nos terminais de Chapadão do Sul e Aparecida do Taboado – respectivamente, a 333 e 448 quilômetros de Campo Grande – e abre a possibilidade de criação de novos pontos de embarque em Mato Grosso do Sul. 


“É um investimento importante que vai dar competitividade aos produtos sul-mato-grossenses. No Tribunal de Contas, vamos mostrar a importância para o desenvolvimento do Estado”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.


Até 2017, a Ferronorte, que tem 755 quilômetros, de Santa Fé do Sul (SP) a Rondonópolis (MT), não tinha nenhum terminal em operação em Mato Grosso do Sul. 


“Com a ação do Governo do Estado, hoje isso mudou. Foram investidos R$ 27 milhões em Chapadão do Sul e R$ 60 milhões em Aparecida do Taboado”, lembrou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.


No ano passado foram transportados 600 mil toneladas de soja e milho e 611 mil litros de etanol, em Chapadão do Sul; e 1,2 milhão de tonelada de celulose, em Aparecida do Taboado. Para este ano, a previsão é de 2 milhões de toneladas de grãos, 755 mil litros do combustível e 1,5 milhão de tonelada de celulose.


A Rumo informou que recebeu o aval da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e aguarda apenas o parecer da corte de contas. 


A reunião no gabinete da governadoria contou também com a presença do vice-governador e secretário de Estado de Infraestrutura, Murilo Zauith; do prefeito de Aparecida do Taboado, Robinho Samara; do secretário municipal de Governo de Chapadão do Sul, Guilherme Diniz; do secretário adjunto da Seifra, Luís Roberto; e Vinicius Correa, da Rumo.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS