O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   07 de Agosto de 2020
Publicidade

CBF antecipa calendário e Seleção vai estrear nas eliminatórias no Nordeste

Primeiro jogo do torneio que dará vagas à Copa do Mundo de 2022 será contra a Bolívia, em março.

13/01/2020 - 08h39

Globo Esporte

Tite no gramado da Arena Corinthians (Foto: Pedro Martins/MoWA Press)

A CBF pretende anunciar nas próximas semanas os locais das nove partidas que a Seleção disputará no Brasil pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. A estreia, diante da Bolívia, em março, será no Nordeste – cidade estádio serão divulgados em breve. 


O calendário do torneio se estenderá até novembro de 2021, quando a América do Sul conhecerá seus representantes no próximo mundial.


Nas edições anteriores, a CBF escolhia as cidades e estádios dos jogos a conta-gotas. A cada rodada, em negociações que acarinhavam diferentes federações estaduais. Agora, o Brasil vai continuar em campanha itinerante, mas a antecipação das sedes pode trazer benefícios técnicos.


A principal preocupação de Tite e sua comissão diz respeito aos gramados. Na Copa América de 2019, disputada no país, eles só aprovaram sem restrições os do Morumbi e da Arena Corinthians, ambos em São Paulo. Os da Fonte Nova e da Arena do Grêmio foram alvos de severas críticas de brasileiros e estrangeiros. Mineirão e Maracanã também não agradaram.


A CBF avalia que os proprietários dos estádios terão tempo para deixar os gramados em boas condições antes de receber a Seleção, e também vê com bons olhos um maior engajamento do público das cidades ao saber da realização das partidas com antecedência.


O critério geográfico também está sendo levado em conta na elaboração do calendário. A cada convocação, a seleção brasileira disputará duas partidas, uma em casa e outra fora. A viagem ao outro país, com facilidades de voos e distâncias razoáveis, interfere na escolha da cidade nacional. Nessa primeira rodada, depois de enfrentar a Bolívia no Nordeste, a delegação vai embarcar rumo a Lima, palco do segundo jogo das eliminatórias, diante do Peru.


Nas últimas eliminatórias, o Brasil jogou em Fortaleza, Salvador, Recife, Manaus, Natal, Belo Horizonte, São Paulo (duas vezes) e Porto Alegre.


É provável que a Seleção enfrente os adversários considerados mais difíceis – Argentina, Uruguai e Colômbia – nas capitais do Sudeste – Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.


O coordenador Juninho Paulista também espera divulgar detalhes da preparação para a Copa América de 2020. A partir deste ano, o torneio será realizado a cada quatro anos – a próxima, portanto, será em 2024. 


O Brasil, no Grupo B, vai disputar toda a primeira fase na Colômbia. O Grupo A terá a Argentina como país-sede.


A primeira convocação de Tite em 2020 será anunciada no início de março. Até lá, a comissão técnica vai aproveitar para observar jogos dos estaduais e, principalmente, na Europa, onde a temporada adentra sua reta final. 


O próprio Tite deve aproveitar o fato de dar uma palestra em Bilbao, na Espanha, para assistir in loco a algumas partidas das oitavas de final da Champions League.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS