O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   19 de Setembro de 2020
Publicidade

CRB arranca empate contra o Cruzeiro, que segue sem vencer

Léo Gamalho deixou tudo igual no Mineirão, após Marcelo Moreno abrir o placar.

07/09/2020 - 22h06

Globo Esporte

Jogadores do Cruzeiro e CRB disputam bola no meio de campo (Foto: Agência i7))

O Cruzeiro conseguiu sair da zona de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro, mas a pressão segue para cima de Enderson Moreira e jogadores. O CRB, novamente, apareceu no caminho, e no Mineirão. A equipe mineira vencia a partida até os 39 minutos do segundo tempo (com gol de Marcelo Moreno), quando um vacilo defensivo da Raposa fez o artilheiro Léo Gamalho balançar as redes e empatar a partida em 1 a 1.


Com o resultado no Gigante da Pampulha, o Cruzeiro sobe na tabela e deixa a primeira posição da zona de rebaixamento da Série C. Mas a situaçã ainda é ruim, com cinco pontos em oito jogos, sendo que os três rivais logo abaixo têm jogos atrasados. A Raposa está na 16ª colocação, a primeira acima do Z-4. O CRB tinha a chance de se infiltrar no G-4 (zona de acesso à Série A), mas, ao menos, consegue galgar até a sexta colocação, com 13 pontos. Clique aqui e veja a tabela da Série B.


O carrasco


Léo Gamalho estava sumido, sem chances de participar da partida, e até chegou a vacilar na hora de marcar Marcelo Moreno no gol do Cruzeiro. Mas o goleador precisou apenas de uma oportunidade. Em erro de saída de bola da defesa celeste, o atacante recebeu a bola de presente e chutou forte, rasteiro, sem defesa para Fábio. É o quarto gol de Gamalho em três confrontos contra o Cruzeiro. Carrasco. São 16 gols no ano, 1/4 nas redes celestes e o sétimo na Série B, artilheiro da competição.


Primeiro tempo


Os primeiros 45 minutos do confronto no Mineirão foi de o Cruzeiro buscando o ataque o CRB focalizando as oportunidades de contra-golpe. A primeira boa chance foi em chute seco de Maurício, que o goleiro Victor defendeu com os pés. Do outro lado, Fábio pouco trabalhou, exceto em boa jogada no lado esquerdo de ataque dos alagoanos, que a zaga celeste conseguiu despachar. A Raposa tantou insistiu que conseguiu o gol, aos 36 minutos, com Marcelo Moreno aparecendo nas costas de Léo Gamalho e cabeceando a bola vinda de cruzamento, no fundo do gol.


Segundo tempo


O CRB voltou para a etapa final com nova proposta, atacando mais e sofrendo menos. O Cruzeiro teve queda de rendimento e quase não conseguiu aproveitar os contra-ataques. Nesta hora, foi a zaga celeste que precisou suar a camisa. Um lance de perigo foi com Bill, que balançou para cima de Raúl Cáceres, e mesmo sem ângulo, chutou para a bola triscar o travessão de Fábio. O ímpeto do CRB diminuia e o Cruzeiro precisava apenas se solidificar na defesa. Mas o que ocorreu foi o contrário. A zaga da Raposa errou a saída de bola (Machado tocou forte nas pernas de Cabral) e Léo Gamalho recebeu livre para deixar tudo igual no Mineirão.


Agendas


O Cruzeiro segue em Belo Horizonte e irá encarar o sexto colocado Vitória na sexta-feira, às 21h30, no Mineirão. O CRB terá descanso maior e entra em campo novamente na próxima segunda (14/9), quando visita o Paraná, às 20h. Depois, a equipe alagoana terá o desafio da Copa do Brasil, contra o Juventude, na quinta-feira da semana que vem.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS