O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   27 de Janeiro de 2022
Publicidade

Fortaleza vence e garante vaga histórica na Libertadores

Argentino Depietri foi o herói da noite e marcou o único gol do jogo; time gaúcho, por sua vez, segue ameaçado de rebaixamento

04/12/2021 - 09h25

Gazeta Esportiva 

Fortaleza venceu o Juventude no Castelão (Foto: Fernando Alves/Juventude)

O histórico dia 3 de dezembro de 2021 jamais irá sair da cabeça do torcedor do Fortaleza. Depois de viver um martírio com direito a oito anos na Série C do Brasileirão, entre 2010 e 2017, o Leão do Pici, campeão da Série B de 2018, confirmou, na noite de sexta-feira, sua vaga na próxima edição da Libertadores da América.


Com a vitória por 1 a 0 sobre o Juventude, a equipe chegou aos 55 pontos e vai disputar o torneio continental em 2022. O gol foi marcado pelo argentino Depietri. A duas rodadas para o fim do campeonato, o Fortaleza é o 5º colocado, e segue lutando para terminar entre os quatro primeiros colocado - está um ponto atrás do Corinthians, 4º. A situação do Juventude, por sua vez, segue alarmante: é o 15º, com 43, três a mais que o Bahia, que abre a zona de rebaixamento.


Os dois times voltam a campo na segunda-feira. O Juventude viaja para encarar o São Paulo, às 19h. Já o Fortaleza visita o Cuiabá, às 20h. Ambas as partidas são válidas pela 37ª rodada do Brasileirão Série A.

Os primeiros minutos na Arena Castelão foram totalmente do Fortaleza. Logo nos movimentos iniciais, Éderson obrigou Douglas a cair no canto esquerdo para espalmar. No rebote, a bola foi alçada na área, e Robson cabeceou com desvio.


Chamado para avaliar o lance devido a um toque no braço do zagueiro do Juventude, Bruno Arleu de Araújo acabou pegando falta de ataque antes da bola bater na mão. Mais tarde, Robson voltou a levar perigo quando saiu cara a cara com Douglas, mas, de esquerda, pegou mal na bola.


A parte intermediária do primeiro tempo continuou mostrando o Fortaleza mais afim de conseguir a vitória em casa. Entretanto, o Juventude montou uma barreira na frente da sua área, evitando todas as investidas do time da casa.


Na sua melhor chance, o Leão do Pici chegou em um lançamento de Matheus Vargas, que encontrou Yago Pikachu aparecendo como elemento surpresa na área adversária, mas a finalização foi fraca e parou nas mãos de Douglas.


O Juventude praticamente não jogou ao longo da primeira etapa. Quando a equipe conseguiu sair um pouco do campo de defesa, errou nos últimos passes no ataque e sequer conseguiu levar algum perigo para o gol defendido por Marcelo Boeck.


Do outro lado, se não estava conseguindo com os seus atacantes, o Fortaleza quase marcou com uma ajuda do adversário. David levou para o fundo e cruzou rasteiro. Robson tentou completar de carrinho, mas não alcançou. Ao tentar cortar de esquerda, Michel Macedo pegou mal e quase mandou contra o próprio gol.


O intervalo fez bem ao Juventude. O time gaúcho voltou mais ligado no jogo e levou perigo nos lances individuais de Sorriso, que apareceu mais para o confronto. A primeira grande chance veio em um cruzamento escorado pelo atacante, que encontrou Jadson. O meia finalizou por cima do gol.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS