O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   14 de Agosto de 2020
Publicidade

Grandes paulistas voltam aos treinos com indefinição nas competições

Após semana de testes da Covid-19 e exames físicos e fisiológicos, clube podem treinar com bola

01/07/2020 - 14h44

Globo Esporte

Felipe Melo e Luxemburgo, protegidos por máscaras, durante semana de testes (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo estão liberados para retomarem normalmente os treinos a partir desta quarta-feira, 1º de julho, conforme determinação do Governo do Estado de São Paulo.


Durante a semana passada, os clube realizaram os testes para coronavírus e outros exames físicos e fisiológicos com os atletas. Com o retorno das atividades com bola, qual o próximo passo? Ainda há total indefinição sobre datas do retorno dos jogos para esse quarteto.


O Corinthians realizou 191 testes antes de começar as avaliações físicas presenciais dos jogadores no CT Joaquim Grava. Deste total, 55 pessoas (entre atletas, estafe e funcionários) tiveram contato com o novo coronavírus apresentando anticorpos ou o vírus ativo.


No elenco, oito passaram a primeira semana afastados. Na terça-feira, após nova bateria de exames, todo o elenco foi liberado para os treinamentos.


O CT está totalmente adaptado e funciona com uma série de restrições de segurança. O elenco conta com 28 jogadores, além de quatro garotos que podem ser promovidos: o volante Roni, do sub-23, e o trio do sub-20 Ruan Oliveira, Gabriel Pereira e Matheus Donelli.


O Palmeiras se reapresentou para testes na última segunda-feira pela primeira vez com todos os atletas à disposição. Na primeira rodada de exames, o Verdão identificou um atleta com Covid-19 e outros três que já estavam recuperados.


Na Academia de Futebol, os palmeirenses tiveram protocolo especial para as atividades em campo, com orientações dos profissionais da área de saúde e trabalho individualizado. Para evitar aglomeração, o elenco foi dividido em grupos, que treinaram em horários alternativos no local.


Na semana passada, Felipe Melo promoveu uma festa de aniversário em casa com convidados. Ele foi advertido pela diretoria e pediu desculpas. Como medida de segurança, o zagueiro e todas as pessoas do clube que participaram do evento realizaram novos testes.


O Santos realizou 74 testes de Covid-19 na primeira bateria de exames. Ao todo, apenas um jogador e oito funcionários foram diagnosticados com o novo coronavírus. Só quem já estava imunizado ou não teve contato com o vírus iniciou os testes físicos e clínicos com os companheiros.


Para evitar aglomerações e propagação do novo coronavírus, o Santos dividiu o elenco em grupos. As atividades, antes do retorno dos treinamentos com bola, foram realizadas no período da tarde.


O CT Rei Pelé foi desinfectado antes de receber os jogadores e sofreu uma série de adaptações, como um túnel por onde os atletas passam quando chegam ao centro de treinamento. O elenco também já vai para o local com o uniforme de treino para não frequentar vestiários.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS