O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   23 de Junho de 2018
Publicidade

Tite confia na individualidade, mas não abre mão de jogadas ensaiadas na seleção

'Estado' mostra sete estratégias do Brasil para superar os adversários na Copa do Mundo

13/06/2018 - 09h45

Estadão

Tite confia na individualidade (Foto: Reprodução)

Tite tem pelo menos dez jogadas trabalhadas com a seleção. E pode ter mais que ainda serão mostradas na Copa. O Estado separou sete delas. O treinador defende agora os treinos fechados sob o argumento de que a privacidade é fundamental na preparação do time na Rússia. Há outros motivos. Um deles é evitar “dar o ouro ao bandido”, tentar “esconder” dos rivais detalhes que poderiam ficar claros em treinamentos abertos diariamente, com acesso de possíveis “espiões”. Longe dos olhos de todos, Tite tem preparado suas jogadas, que, espera, conduzam a equipe ao sucesso.


O treinador tem insistindo em desenvolver ou aperfeiçoar pelo menos uma dezena de situações de campo nesse período de treinos táticos que começou dia 23 de maio, ainda em Teresópolis – a apresentação ocorreu dois dias antes, mas as primeiras atividades foram exames médicos e testes físicos. Ele treina ações ofensivas, na direita, na esquerda, pelo meio. Não se descuida da defesa. Aposta mais na força ofensiva.


Tite admite ter “momentos estratégicos” nos treinos fechados. Mas diz também que isso dá a todos, comissão técnica e jogadores, liberdade para cobranças e colocação de pontos de vista. “Ter privacidade é preciso na hora de fazer uma substituição, de dar uma dura. Eu não estou sempre bem-humorado, não estou todo dia alegre”, comentou. “Às vezes, sou mais contundente, então um pouquinho de privacidade acaba sendo importante para desenvolver o trabalho.”


A individualidade de Neymar, com suas arrancadas, dribles desconcertantes, visão de jogadas e facilidade de concluir em gol, é arma importante na Copa, talvez a mais pesada do Brasil. Em momentos difíceis, como no amistoso de dez dias atrás com a Croácia, foi o craque que tirou o time do sufoco. Mas Tite faz o possível para não depender só da individualidade.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.92%
Não
63.29%
Não sei
5.80%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS