O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   10 de Agosto de 2020
Publicidade

Sem sair dos 37% na taxa de isolamento social, MS amarga avanço de mortes

Em apenas sete dias do mês de julho foram 39 óbitos

07/07/2020 - 18h05

Campo Grande

Movimento no comércio de Campo Grande (Foto: Saul Schramm)

A taxa de mobilidade social para essa segunda-feira (6) em Mato Grosso do Sul foi de 37,9%. O índice para o início da semana indica uma possível manutenção da média de 37% para os dias de semana – segunda à sexta – que se repete há tempos.


Nas últimas cinco semanas o cenário foi o mesmo: de vida normal, com movimentações pelas ruas e comércios do Estado. As médias mapeadas, em ordem decrescente, foram: 37,3% de 29 de junho a 3 de julho; 36,8% de 22 a 26 de junho; 35,5% de 15 de junho a 19 de junho; 36,6% de 8 a 12 de junho; e 37,4% de 1 a 5 de junho.


Durante live para atualização dos dados e informações referentes ao novo coronavírus nesta terça-feira (7.7) o secretário de saúde Geraldo Resende relacionou o baixo isolamento ao aumento das taxas de ocupação de leitos. 


“O que nós estamos verificando é que essa volta à normalidade que muitos estão fazendo, não respeitando os decretos feito pelos prefeitos, não estão surtindo efeito e o número de pessoas internadas em MS é similar ao que se verificava antes da pandemia. 


As pessoas estão saindo, e o número de pessoas acidentadas, que é a maior causa de ocupação de leitos de UTI tem aumentado”, alertou pedindo apoio dos gestores municipais no reforço das medidas restritivas. 

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS