O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   07 de Dezembro de 2021
Publicidade

Walter Carneiro Júnior enaltece importância do 31ª Congresso da ABES

Diretor-presidente da Sanesul participa do 31º Congresso da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental

19/10/2021 - 14h50

Campo Grande

Walter Carneiro Jr. durante o 31ª Congresso da ABES (Foto: Divulgação)

O diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Walter Carneiro Júnior, enalteceu nesta terça-feira (19) a importância da realização da 31ª edição do Congresso da ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental), que está ocorrendo em Curitiba (PR).


O mais importante evento de saneamento e meio ambiente do Brasil está sendo realizado em formato hibrido com participantes presenciais, no espaço Expo Unimed, e online, em plataforma digital.


Temas diversos estão sendo debatidos durante o Congresso, entre os quais, o painel “Água para consumo humano: portaria de potabilidade – avanços e desafios”, realizado na segunda-feira (18).


O Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária Ambiental acontece paralelamente a Feira Internacional de Tecnologia de Saneamento Ambiental.


O evento teve início no último domingo (17) e terá sequencia até esta quarta-feira (20) com a participação da maioria das companhias de saneamento do país, entre as quais, a Sanesul, Sanepa (Sistema de Abastecimento de Água Integrado de Curitiba), Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e Saneago (Companhia Saneamento de Goiás S/A).


“É um intercâmbio de informações que nos dá uma visão privilegiada para poder antecipar as ações necessárias para que a nossa companhia sempre esteja colocada entre as melhores do Brasil”, exaltou Walter Carneiro Júnior, ao mencionar pontos importantes ministrados durante a série de debates envolvendo várias questões relacionadas à área de infraestrutura de saneamento.


Segundo ele, trata-se de uma agenda muito importante porque há uma série de palestras e de painéis que discutem a realidade do saneamento básico em face da nova legislação, as mudanças contidas no Novo Marco Legal do Saneamento.”


O dirigente avalia que o evento representa compartilhamento, o intercâmbio de informações, uma vez que está discutindo na essência agenda sobre combate a perdas e tecnologias, além de outros pontos importantes visando o aprimoramento do setor.


“É o diagnóstico, a realidade de cada bacia hidrográfica do Brasil, regionalização, a discussão em torno dos novos modelos de negócios de performance, quais são os caminhos que as empresas podem tomar para serem mais competitivas. E a gente entende que a Sanesul está no caminho certo, porque tudo que está sendo discutido aqui, de uma forma direta a diretoria já está buscando implementar na nossa companhia, questão de governança, de integridade, compliance. Realmente, rever todas essas questões da gestão pública para que a nossa empresa cada vez mais tenha um caráter privado de competitividade para poder estar inserida no mercado”, reforçou.


A Sanesul se destaca nacionalmente por ter avançado no cumprimento das exigências no novo Marco Legal do Saneamento, que tem o objetivo de garantir o atendimento de 99% da população com água potável e de 90% com tratamento e coleta de esgoto.


Durante o evento, Walter Carneiro Júnior trocou impressões com os presidentes da ABES, Alceu Bitencourtt, e da Aesbe (Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento), Neuri Freitas.


Na ocasião, o diretor-presidente da Sanesul debateu os efeitos do Novo Marco do Saneamento Básico, buscando construir caminhos para que as empresas estatais possam atender toda a normativa imposta pela nova regulamentação da lei. 


Fórum Mundial da Água 


Na tarde desta terça, o diretor-presidente da Sanesul participa do Painel que discute a realização do Fórum Mundial da Água, que ocorrerá no ano que vem no Catar, na Ásia Ocidental.


O fórum é o maior evento global sobre o tema e é organizado pelo Conselho Mundial da Água, uma organização internacional que reúne interessados no assunto e tem como missão “promover a conscientização, construir compromissos políticos e provocar ações em temas críticos relacionados à água.


A ideia é  facilitar a sua conservação, proteção, desenvolvimento, planejamento, gestão e uso eficiente, em todas as dimensões, com base na sustentabilidade ambiental.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS