O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Outubro de 2020
Publicidade

Assomasul discute estratégia da campanha de vacinação nos municípios

O encontro antecede o dia 5 de outubro, data em que o Ministério da Saúde dará início a campanha nacional para atualização da caderneta de vacinação

30/09/2020 - 16h38

Campo Grande

Lucimar e Hélio Mandetta, do Rotary, e Caravina (Foto: Edson Ribeiro)

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, se reuniu na tarde desta quarta-feira (30), na sede da entidade, em Campo Grande, com parceiros institucionais a fim de afinar os discursos em torno da campanha nacional de vacinação de crianças e adolescentes no Estado.


A Assomasul, que representa os 79 municípios do Estado, faz parte de um leque de parceiros que inclui órgãos públicos e entidades filantrópicas, cujo objetivo é difundir a campanha nos municípios sul-mato-grossenses.


A reunião foi com representantes do Rotary Club Campo Grande, responsável pela coordenação do trabalho de divulgação institucional das campanhas de vacinação em âmbito estadual.


O encontro estratégico antecede o dia 5 de outubro, data em que o Ministério da Saúde dará início a campanha nacional para atualização da caderneta de vacinação e de imunização contra a Poliomielite em crianças de 12 meses a menores de 5 anos, e de adolescentes.


O dia de divulgação e mobilização nacional será 17 de outubro.


Para o vice-presidente presidente do Rotary Club Campo Grande, Lucimar Lacerda, a participação da Assomasul nessa campanha institucional é muito importante para conscientizar prefeitos e secretários municipais de saúde da necessidade de mobilizar os pais das crianças para atualização na caderneta de vacinação como parte da campanha nacional que será intensificada até o fim de outubro.


Ele agradeceu o apoio da entidade municipalista como integrante de um grupo de 40 instituições que estiveram à frente da campanha de vacinação no ano passado e pediu empenho a fim de que a meta seja alcançada este ano em todos os municípios.


Presente a reunião, o médico Hélio Mandetta, pai do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçou a necessidade de os prefeitos mobilizarem a população local, advertindo sobre os riscos de contaminação da doença.


Caravina considera fundamental uma mobilização dessa natureza, lembrando que a Assomasul sempre será a favor de questões de interesse da população, principalmente na área de saúde pública.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS