O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Outubro de 2020
Publicidade

Com apoio da Assomasul, começa a Campanha Nacional de Multivacinação

A meta é que sejam imunizadas 160 mil crianças no Estado.

05/10/2020 - 07h54

Campo Grande

O presidente da Assomasul, Pedro Caravina (Foto: Edson Ribeiro)

Começa nesta segunda-feira (5) em todo país e segue até o dia 30 de outubro a campanha de multivacinação de crianças e adolescentes no Estado que conta com o apoio da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) em parceria com o Rotary Club Campo Grande e outras instituições.


É a oportunidade em que os pais poderão atualizar em um único dia a Caderneta de Vacinação de seus filhos.


A meta é que sejam imunizadas 160 mil crianças no Estado.


Na semana passada, o presidente da Assomasul, prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, se reuniu com o vice-presidente do Rotary Club Campo Grande, Lucimar Lacerda, e com o médico Hélio Mandetta, para discutir a estratégia de atuação na campanha nos 79 municípios do Estado.


A ideia é que a Assomasul mobilize os prefeitos a fim de que a meta seja atingida em todos os municípios.


Governo de MS


Neste ano, a estratégia da SES (Secretaria de Estado de Saúde) será voltada a toda população, porém terá como foco principal a atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e dos adolescentes menores de 15 anos de idade, e contra a Poliomielite em crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade.


A expectativa da SES é vacinar neste mês, no mínimo, 80% adolescentes de 11 e 12 anos e 95% das crianças menores de 5 anos. Atualmente, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) oferece 18 vacinas para crianças e adolescentes.


A Secretaria chama a atenção para a importância da imunização como forma de garantir o controle e eliminação das doenças imunopreveníveis como, por exemplo, a pólio, rubéola e a síndrome da rubéola congênita.


O coronavírus alterou a rotina de trabalho de todos e tem dificultado o desenvolvimento das atividades de vigilância. Porém, os pais podem ficar tranquilos e levar seus filhos às unidades de saúde, uma vez que serão adotadas todas as medidas de proteção recomendadas pela SES e pelo Ministério da Saúde para minimizar o risco de infecção pelo vírus. No dia 17, está programada uma mobilização nacional de vacinação.


Veja quais são as vacinas disponíveis:


Vacinas disponibilizadas para crianças: BCG; Hepatite B; Poliomielite 1,2,3 (VIP - inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP - atenuada); Rotavírus humano G1P1 (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela, pneumocócica 23-valente (Pncc 23*) vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.


Vacinas disponibilizadas para adolescentes: Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23) vacina indicada para população indígena. Com informações das SES.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS