O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   20 de Agosto de 2019

Assembleia deve votar projeto que pretende apresentar PEC à Câmara

Proposta de Emenda à Constituição Federal foi apresentada pela atual Mesa Diretora da Casa de Leis

12/06/2019 - 07h55

Campo Grande

Mesa Diretora da Assembleia (Foto: ALMS)

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul devem apreciar cinco matérias durante a Ordem do Dia desta quarta-feira (12), todas em primeira discussão. Consta na pauta a votação do Projeto de Resolução 9/2019, da atual Mesa Diretora da Casa de Leis, que pretende aprovar a apresentação de PEC (Proposta de Emenda à Constituição Federal) à Câmara dos Deputados.


O objetivo é alterar os artigos 22 e 24 da Carta Magna tornando as competências legislativas privativas da União em concorrentes com os Estados e o Distrito Federal. A proposta tem parecer favorável por unanimidade da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da ALMS.


O Projeto de Lei 20/2019, do deputado João Henrique (PL), institui o Cadastro Estadual de Pessoas com Deficiência (Cadastro-Inclusão) - registro público eletrônico. 


A finalidade é coletar, processar, sistematizar e disseminar informações georreferenciadas que permitam a identificação e a caracterização socioeconômica da pessoa com deficiência, além das barreiras que impedem a realização de seus direitos. A matéria tem parecer contrário por maioria da CCJ.


Já Projeto de Lei 64/2019, do deputado Neno Razuk (PTB), dispõe sobre a obrigatoriedade da aplicação do questionário M-CHAT nas unidades de saúde do Estado de Mato Grosso do Sul e dá outras providências. O questionário visa auxiliar na identificação de indícios do chamado TEA (Transtorno do Espectro Autista) em crianças com idades entre 18 e 24 meses. 


A Comissão de Constituição, Justiça e Redação foi favorável, por unanimidade, à tramitação do projeto e à emenda apresentada.


De autoria do deputado Renato Câmara (MDB), o Projeto de Lei 110/2019 altera a Lei 1.414 de 13 de setembro de 1993, que institui a Semana de Incentivo a Doação de Órgãos Humanos para Transplantes. A iniciativa tem parecer favorável por unanimidade da CCJ.


O Projeto de Resolução 1/2019, do deputado Zé Teixeira (DEM), acrescenta os artigos 79-A, 79-B, 79-C e 79-D ao anexo do Regimento Interno da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Resolução 65, de 17 de dezembro de 2008). 


Os artigos propostos tratam sobre a ocupação de gabinetes, prevendo prioridades, entre as quais estão as que estabelecem os estatutos da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015) e do Idoso (Lei 10.741/2003). O projeto obteve parecer favorável por unanimidade da CCJ.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS