O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   17 de Julho de 2019
Publicidade

Candidato à reeleição na Câmara, Rodrigo Maia esnoba bancada petista

Presidente diz que só procura PT quando partido se resolver sobre eleição

10/01/2019 - 08h37

De Brasília

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) (Foto: Alex Ferreira / Agência Brasil)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reagiu às declarações da presidente do PT, senadora e deputada eleita Gleisi Hoffmann, de que o partido não apoiará a reeleição dele em fevereiro.


"A Gleisi diz que não vai me apoiar. Então, enquanto o PT não se resolver, eu não procuro mais o partido", afirmou.


"Eu não posso tratar do apoio com a presidente de um partido que não quer meu apoio. Eu acho que a constituição da Casa é a governabilidade de todos. A outra coisa que eu disse é que, no bloco com o PSL, o PT não vai fazer parte", acrescentou.


Maia estava em conversas avançadas com setores do PT, mas a articulação desandou após o PSL anunciar apoio à reeleição do deputado do DEM.


O PSL é o partido do presidente Jair Bolsonaro, ao qual o PT faz oposição.


Maia ainda tentou conversas com parlamentares do PT simpáticos à sua candidatura, mas a presidente do PT, deputada federal eleita Gleisi Hoffmann, atacou publicamente o apoio do PSL – e já avisou aliados que vai recorrer se a bancada fechar apoio a Maia.


O presidente da Câmara fechou nesta quarta-feira (9) o apoio do Avante – e contabiliza 12 partidos no seu bloco. Com isso, teria maioria para se eleger em primeiro turno – se todos os deputados seguirem a ordem das siglas. Com informações do G1.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.77%
Não
63.46%
Não sei
5.77%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS