O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   07 de Julho de 2020
Publicidade

Sara Winter diz que queria trocar socos com Moraes e ameaça infernizá-lo

Insatisfeita por ter se tornado alvo da Polícia Federal, ativista reage

27/05/2020 - 16h02

De Brasília 

Sara Winter reage contra operação da PF (Foto: Reprodução/Twitter)

Insatisfeita por ter se tornado alvo da Polícia Federal no inquérito do STF (Supremo Tribunal Federal) que investiga fake news, a bolsonarista Sara Winter voltou a apontar contra Alexandre de Moraes, relator do processo. Em um vídeo que circula nas redes sociais, Winter disse que "queria trocar socos" com o ministro e prometeu "infernizar a vida" ao membro da cúpula do Poder Judiciário.


"Sou uma pessoa extremamente resiliente. Pena que ele mora e São Paulo. Se ele estivesse aqui, estaria convidando ele pra trocar soco comigo. Queria trocar soco com esse filho da p*, infelizmente não posso. Você me aguarde, Alexandre de Moraes. Você nunca mais vai ter paz, a gente infernizar sua vida, vamos descobrir os lugares que o senhor frequenta, a gente vai descobrir quem são as empregadas domésticas que trabalham para o senhor... Vamos descobrir tudo até o senhor pedir para sair. O senhor tomou a pior decisão da vida do senhor", disse.


A operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (29) com o cumprimento de 29 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. Aliados do presidente Jair Bolsonaro como Roberto Jefferson, Luciano Hang, Allan dos Santos, Douglas Garcia e Carla Zambelli estão entre os investigados. 

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS