O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   11 de Abril de 2021
Publicidade

Soraya lança Brasil Certo em Dourados para inspirar lideranças femininas

lançamento nacional será na próxima segunda-feira (8)

05/03/2021 - 07h12

Campo Grande

Senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) (Foto: Divulgação )

Inspirar mulheres de bem a construir soluções práticas e semear a cidadania responsável, construindo um futuro melhor a partir da solução de problemas de forma definitiva. Este é o objetivo do Brasil Certo – Mulheres Mudando o Brasil, projeto encabeçado pela senadora douradense Soraya Thronicke, presidente do PSL Mulher, e que pretende formar lideranças para construção de um País melhor. 


O projeto, de abrangência nacional, será executado por meio de cursos e eventos digitais, com lançamento oficialmente na próxima segunda-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em videoconferência com a participação da senadora e idealizadora do projeto.


Durante o evento em Dourados, Soraya Thronicke irá receber as influenciadoras do agronegócio Camila Telles e Andressa Biata para um bate-papo sobre política, agronegócio e a necessidade do Brasil e do mundo em formar lideranças femininas, no debate “Da fazenda à defesa do agro nacional”. Por conta da pandemia, o lançamento será virtual, com transmissão online por meio do YouTube (youtube.com/BrCertoOficial).  A transmissão será na segunda-feira (08), a partir das 19 horas (horário MS).


“No Dia Internacional das Mulheres vamos lançar o projeto Brasil Certo, uma iniciativa do PSL Mulher Nacional, do qual sou presidente. Esse lançamento será com uma videoconferência com a participação da Camila Telles e da Andressa Biata, duas mulheres do agro e digital influencers que têm uma história inspiradora de vida, e acontecerá na minha cidade natal, em Dourados. Fico muito feliz em estar à frente desse projeto que vai inspirar outras mulheres de todo o país a fazer o que é o certo pelo nosso Brasil. Conto com a participação de todos!”, convidou a senadora.


De acordo com a senadora, a ideia do projeto surgiu a partir da necessidade de semear a cidadania responsável e juntar pessoas que querem resolver os problemas de forma definitiva. “Saia da fila dos que só reclamam e comece a formar grupos para fazer o que é certo. Temos que juntar mulheres de bem e assumir a liderança na construção de um futuro melhor para nossos bairros, nossas cidades e nosso Brasil”, afirma a senadora.


Serão diversos eventos digitais realizados em todo o país, começando pelo Mato Grosso do Sul, terra natal da senadora. Além dos eventos onlines, com a participação de mulheres brasileiras de todas as regiões, o Brasil Certo também terá um aplicativo com a oferta de 50 cursos. A proposta é orientar as mulheres sobre como participar da política de forma responsável, defender seus direitos, fiscalizar recursos públicos, mobilizar a comunidade e se comunicar de forma eficaz nas redes sociais.


“Vivemos tempos difíceis e precisamos unir forças para melhorar a qualidade de vida das famílias brasileiras. Se você quer ajudar a construir um futuro melhor para sua cidade, participe dos eventos digitais, faça os cursos práticos, compartilhe boas ideias e mobilize sua comunidade”, acrescenta Soraya Thronicke, que estará em Dourados na segunda-feira para o lançamento do Brasil Certo. 


Segundo a idealizadora, o projeto tem como principais objetivos defender o país a partir da transparência pública e combate à corrupção, cuidar da família, utilizando os recursos de forma responsável e fortalecer o progresso, fortalecendo os setores econômicos e tornando as empresas mais competitivas.


Mulheres na Política


A representatividade feminina na política tem ganhado destaque e é uma bandeira, inclusive do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Os especialistas defendem que quando existe uma equiparidade de gênero nos Poderes existe também uma igualdade na sociedade de uma forma geral. Infelizmente, o Brasil é um dos piores países em termos de representatividade política feminina, ocupando o terceiro lugar na América Latina em termos de representatividade feminina. Enquanto a média mundial da presença de mulheres em cargos de liderança política é de 24 a 25%, a Câmara Federal brasileira tem 15%.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS