O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   18 de Maio de 2024
Publicidade

Sem ganhar a três rodadas, Brasil pega a Argentina no Maracanã por vaga na Copa

O confronto acontece às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira, no Maracanã, em jogo válido pela sexta rodada das Eliminatórias 

21/11/2023 - 06h21

Rio de Janeiro 

Maracanã, palco do grande clássico mundial envolvendo Brasil e Argentina pelas eliminatórias (Foto: Getty Images)

A Seleção encerra 2023 com um clássico diante da sua maior rival e atual campeã do mundo. Às 21h30 (de Brasília), desta terça-feira, Brasil e Argentina se enfrentam no Maracanã, em duelo válido pela sexta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026.


Ambas as seleções vêm de derrotas, mas o momento brasileiro é pior. A equipe de Fernando Diniz não ganha há três rodadas, tendo empatado com a Venezuela e sido derrotada por Uruguai e Colômbia. Com apenas sete pontos, ocupa o quinto lugar das Eliminatórias.


Já a Argentina foi batida pelo Uruguai, em casa, na última quinta-feira, mas ainda assim lidera a competição, com 12 pontos.


O jogo terá transmissão da TV Globo, com narração de Luis Roberto e comentários de Caio Ribeiro e Júnior. Já o sportv transmite com narração de Luiz Carlos Jr. e comentários de Lédio Carmona e Ricardinho. 


Enquanto a Seleção não conta com alguns de seus principais craques, como Neymar e Vini Jr, a Argentina tem confirmada a presença de Lionel Messi, que pode fazer sua despedida de gramados brasileiros.


Até hoje, o melhor jogador do mundo já disputou 22 partidas no País, com 13 vitórias, cinco empates, quatro derrotas e nove gols marcados. Na última vez, conquistou a Copa América de 2021, no Maracanã.


No último confronto entre as seleções deu empate em 0 a 0, no fim de 2021, em San Juan, na Argentina. No retrospecto geral o Brasil leva a melhor: 43 vitórias, 40 derrotas e 26 empates.


Todos os ingressos para a partida dessa terça estão esgotados. O Maracanã deve receber mais de 69 mil pessoas.


Vale lembrar que a América do Sul agora tem direito a seis vagas no Mundial, mais uma possível via repescagem.


Brasil - técnico: Fernando Diniz

A Seleção tem muitos e importantes desfalques. Além de Danilo, Casemiro, Neymar e outros atletas que ficaram fora da convocação devido a lesões, o Brasil perdeu Vini Jr, que se machucou no primeiro tempo da partida contra a Colômbia.


No lugar do camisa 7, Fernando Diniz vai utilizar Gabriel Jesus. Fora da última partida, o atacante do Arsenal ficou na Granja Comary fazendo tratamento intensivo e está recuperado de lesão na coxa.

Além dele, outra novidade na equipe será o lateral-esquerdo Carlos Augusto, da Inter de Milão, que ganhou a vaga de Renan Lodi.


Provável escalação: Ederson, Emerson Royal, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Carlos Augusto; André e Bruno Guimarães; Raphinha, Gabriel Jesus, Rodrygo e Gabriel Martinelli.


Argentina - técnico: Lionel Scaloni

Apesar de Scaloni ter dado poucas pistas nos últimos dias, a imprensa argentina aponta que o time pode ter duas mudanças com relação ao último jogo: Di María pode entrar no lugar de Nicolás González, e Lautaro Martínez pode ganhar a vaga de Julián Álvarez. O técnico não confirmou a equipe, mas disse já ter tomado sua decisão.


Nos dias que antecederam o clássico, os jogadores argentinos destacaram a importância da partida e minimizaram os desfalques brasileiros. Para Messi, este é um "jogo à parte" e a seleção campeã do mundo precisa se reerguer logo depois de ser derrota em casa para o Uruguai.


Provável escalação: Emiliano Martínez, Molina, Cristian Romero, Otamendi e Tagliafico; Enzo Fernandez, De Paul e Mac Allister; Messi, Di María e Lautaro Martínez.

(Com ge)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online