O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   11 de Abril de 2021
Publicidade

Cármen Lúcia mandou decisão judicial de soltar Lula ser descumprida

Os diálogos enviados pela defesa do ex-presidente ao STF revelam algumas dessas iniciativas.

05/03/2021 - 08h22

De Brasília 

A ministra do STF, Carmem Lúcia (Foto: Agência Brasil)

Em diálogos enviados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quinta-feira (4), os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato discutem como evitar que Lula saísse da prisão após um habeas corpus concedido pela Justiça em julho de 2018. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha.


No dia 8 de julho daquele ano, um domingo, o desembargador Rogerio Favreto, do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), determinou a soltura do ex-presidente, atendendo a um pedidos da defesa de Lula.


De acordo com a reportagem, essa decisão teria dado início a uma movimentação intensa dos procuradores e de magistrado para que Lula não fosse solto, e os diálogos enviados pela defesa do ex-presidente ao STF revelam algumas dessas iniciativas.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS