O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Julho de 2024
Publicidade

Botafogo divulga nota pedindo ação do STJD em relação a arbitragem

Clube afirma que acionará a Justiça Comum se esgotar as possibilidades pela Desportiva

06/12/2023 - 15h55

Rio 

Textor, dono da SAF do Botafogo, reclama com a arbitragem (Foto: Ge)

O Botafogo divulgou nesta quarta-feira uma nota oficial em que pede que o STJD "tome providências" em relação aos supostos erros de arbitragem no Campeonato Brasileiro com base no relatório elaborado pela "Good Game!", empresa estrangeira contratada pro John Textor para avaliar as decisões de árbitros no torneio.


No texto, o clube afirma que encaminhou um ofício a José Perdiz, presidente do STJD, pedindo que o tribunal "tome providências" com base no relatório emitido "por uma respeitada empresa de análise orientada para a tecnologia que prepara rotineiramente avaliações de árbitros e manipulação de jogos".

O clube ainda prometeu que, esgotadas as possibilidades na Justiça Esportiva, irá acionar a Justiça Comum "no sentido de apurar os fatos narrados e contribuir para a evolução do futebol brasileiro".


O Botafogo afirma ainda ter sugerido algumas ações visando a melhoria da arbitragem brasileira, entre elas a regulamentação da profissão, independência institucional e a criação de um ranking de árbitros de acordo com erros.


Confira a nota oficial na íntegra:


"O Botafogo enviou, nesta quarta-feira (6), um ofício ao Presidente do STJD, José Perdiz, e ao Procurador-Geral do STJD, Ronaldo Piacente, solicitando que sejam tomadas providências com base em relatórios independentes emitidos por uma respeitada empresa de análise orientada para a tecnologia que prepara rotineiramente avaliações de árbitros e manipulação de jogos, relatórios para órgãos do futebol e como testemunha especializada em questões perante os tribunais. O ofício é apoiado por uma análise completa da conduta dos árbitros e participantes das partidas em vários jogos impactantes da Série A de 2023.


O Botafogo também sugeriu a intervenção do Tribunal para a elaboração de propostas e a adoção de medidas efetivas voltadas à melhoria e ao desenvolvimento da arbitragem e do futebol nacional:

Regulamentação da profissão de árbitro de futebol profissional;


Independência institucional entre a entidade que regula a arbitragem de futebol profissional e a entidade organizadora da respectiva competição;


O acompanhamento técnico-científico dos lances e indicadores das partidas de futebol profissional masculino, com a contratação de empresas de auditoria independente, especializadas na análise de dados desportivos;


Criação de ranking de árbitros baseados nos erros cometidos ao longo do campeonato e, com base neste ranking, a adoção de critérios de promoção e rebaixamento para árbitros;


Transparência na escalação de árbitros para partidas de futebol profissional; além de outras medidas que venham a ser indicadas.


O Botafogo reforça que envidará os maiores esforços no sentido de apurar os fatos narrados e contribuir para a evolução do futebol brasileiro, inclusive acionando a Justiça Comum, após esgotadas as instâncias da Justiça Desportiva". (ge)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online